Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Biografias > Angelina Jolie

Angelina Jolie

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Biografias
Visitas: 2
Comentários: 3
Angelina Jolie

Considerada em 2007 a mulher mais sexy do mundo, é uma das atrizes mais humanitárias do mundo. A vida de boémia que levava, deu lugar a uma mãe dedicada.

De acordo com a edição de 2009 do livro do Guiness, a relação amorosa com o ator Brad Pitt, fez deles os atores mais poderosos de Hollywood. Angelina até pouco tempo atrás, até ser mãe, era vista como a bad girl de Hollywood, com hábitos e atitudes estranhas, presentemente, é uma das atrizes mais queridas e mais faladas, tanto pelos seus filmes mas também por ser uma das embaixatrizes da ONU mais ativas nas causas humanitárias, mais preocupantes.

Tinha pouco mais de um ano quando os pais se separaram. Ficou a viver com a mãe. Começou a estudar arte dramática no famoso estúdio Lee Strasberg, A sua fama de namoradeira perseguiu-a durante muito tempo.

Casou pela primeira vez com o ator Jonny Lee Miller, mas durou apenas um ano. A partir dai ainda teve mais uns namorados, até conhecer Billy Bob Thornton, com quem casou em 2000, em Las Vegas.

Durou dois anos. Apesar de assumir uma postura rebelde, sempre se dedicou a causas humanitárias, o que a levou ser nomeada Embaixadora da Boa Vontade do Alto Comissariado das Nações Unidas, depois de ter trabalhado junto de refugiados.

Em 2005 entrou no filme “Mr. and Mrs. Smith” onde contracenou com Brad Pitt, com quem iniciou um romance, após este se divorciar da também atriz Jennifer Aniston.

Uma atriz que se revela interessante enquanto, a profissional que é mas, que se revela acima de tudo um ser humano com muito para dar a quem mais precisa.


Bruno Jorge

Título: Angelina Jolie

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 2

603 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    24-04-2014 às 21:56:38

    A mulher mais linda do mundo em todos os momentos, Angelina Jolie, sempre foi muito admirada não apenas pela beleza, mas por ajudar as pessoas necessitadas Ela é linda, sensual, além de ter uma carisma incrível!

    ¬ Responder
  • André BelacorçaAndré Belacorça

    17-09-2012 às 16:56:38

    Uma grande mulher sempre disposta a ajudar os desfavorecidos de África.sem dúvida um exemplo para a sociedade rica, que ponham os olhos nela, que faz chorar de inveja.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãojoao

    08-03-2012 às 23:14:57

    querida, muito querida....

    ¬ Responder

Comentários - Angelina Jolie

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios