Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Como limpar o ecrã do portátil

Como limpar o ecrã do portátil

Categoria: Informática
Visitas: 25
Comentários: 1
Como limpar o ecrã do portátil

Sabia que as bactérias proliferam em ambientes carregados de humidade e pó? E, dão origem a uma vasta variedade de vírus por vezes difíceis de identificar. Estão presentes por todo o lado desde a casa onde habitamos a outros ambientes que frequentamos diariamente. Deve evitar-se os menos expostos ao sol, os frios e locais com humidade. Estes estão mais expostos a toda a espécie de bactérias e propagação dos vírus. Como o portátil é um aparelho que se leva para toda a parte convêm limpar o seu ecrã e teclado pois eles são susceptíveis de serem difusores das bactérias.

O mesmo se deve fazer com frequência em relação á TV, vídeo e computador fixo. Antes de limpar os aparelhos é conveniente fazer uma limpeza da casa toda ou do ambiente onde se encontram para retirar as poeiras do ar. Depois de aspirado o pó deve proceder-se à limpeza dos aparelhos depois de desligados. Não se deve vaporizar os ecrãs para o líquido não escorrer. E muito menos com detergentes de limpeza que têm por vezes agentes nocivos. È melhor usar um pano sem pêlos para o efeito e humedecê-lo com água.

No caso do portátil os cuidados devem ser redobrados a fim de remover o pó que se cola ao monitor e é atraído a ele. Assim deve usar-se um pano de micro fibras e um produto que não manche e danifique o ecrã. Como estes são planos nunca se deve pulverizar líquidos porque escorrem para baixo e infiltram-se. Não é aconselhável usar líquidos com álcool porque atacam a película de plástico que está aderente no ecrã. Há quem utilize uma mistura de água com vinagre nos locais de difícil acesso o que não é desfavorável desde que o pano seja macio e não risque.

O metanol não contém água e evapora rápido, por isso pode ser também usado para o efeito. No entanto o melhor e mais adequado é utilizar um spray próprio tal como o Lorenz Bel que se pode adquirir no Lido. Ou então comprar uma mistura na drogaria ou farmácia própria para portáteis. O ideal é colocar pouco produto para não manchar o ecrã e evitar que escorra. Normalmente os sprays já trazem um pano de micro fibras mas no caso de não vir incluído pode comprar-se num supermercado ou loja de informática.

Também existem acessórios de portáteis com sprays para ecrã sem gás e ecológicos que são ideais. Como por exemplo os kits que se adquirem em lojas de informática. A técnica de ter um portátil sempre impecável e livre de bactérias é ter um acessório de limpeza adequado para evitar infiltrações, manchas e danificação do ecrã.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Como limpar o ecrã do portátil

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 25

771 

Imagem por: William Hook

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • LunatLunat

    02-03-2010 às 23:45:34

    Ola! Estou a precissar de uma informação, eu tenho um kits de limpeza para meu portatil, eu fiz coloquei o liquido em sprays e depois passei o pano que esta incluido no kits, passado ums 30 minutos reparei que no canto direito no ecra apareceu uma mancha preta muito esquissita, mas que nao era golpe nem nada parecido, procurei na net sobre esta informação e fala que pode ser que na altura da limpeza tenha apanhado pressão de ar, mas que com o tempo começa a desaparecer, na verdade no dia a seguir estava a desaparecer a mancha preta mas tava ficando mais transparente e com uma cor entre verde amarela tipo em varias cores mas mais tirando para o verde amarelado, quero por favor uma ajuda, uma informaçao sobre esta situaçao. agradeço que alguem me informe se precissa levar ele para asistencia tecnica para a garantia. Obrigado Lunat

    ¬ Responder

Comentários - Como limpar o ecrã do portátil

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Imagem por: William Hook

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios