Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Biografias > D. Pedro I, o Cruel

D. Pedro I, o Cruel

Categoria: Biografias
Visitas: 17
D. Pedro I, o Cruel

Filho de D. Afonso IV e de D. Beatriz de Castela, D. Pedro nasceu a 8 de Abril de 1320, em Coimbra. Em 1328, foi acordado o primeiro casamento do ainda infante D. Pedro com D. Branca de Castela, sobrinha de Afonso XI, rei de Leão e de Castela até 1350. Esta acabou por ser abandonada, em 1336. Neste mesmo ano, D. Pedro volta a casar por procuração com D. Constança Manuel, filha de D. João Manuel e D. Constança de Aragão. Só em 1340, D. Constança chegou a Portugal. Deste casamente teve três filhos: D. Maria, em 1342, D. Luís, em 1344, e D. Fernando, o futuro D. Fernando I, a 31 de Outubro de 1345.

Com D. Constança Manuel, veio D. Inês de Castro, dama desta. O amor é conhecido por todos, pois atravessou o tempo até aos nossos dias. D. Pedro apaixonou-se por D. Inês, e o amor foi recíproco. Tiveram quatro filhos: D. Afonso, em 1350, D. João, em 1352, D. Dinis, em 1353, e D. Beatriz, em 1354.

D. Constança morreu em 1345, e com a sua morte D. Pedro juntou-se publicamente com D. Inês. Temendo os herdeiros da dama galega, D. Afonso IV não hesitou em eliminar a grande ameaça ao herdeiro do trono e à paz do país. D. Inês foi sentenciada a 7 de Janeiro de 1355, num dia em que o infante tinha saído para caçar. Antes disso, os amantes viveram anos felizes longe das intrigas da corte.

Quando soube da morte da sua mada, D. Pedro procurou vingar-se, chegando mesmo a entrar em guerra civil com o pai. Assinou a paz de Canaveses.

Subiu ao trono com a morte do seu pai, a 28 de Maio de 1357. Sem a presença do seu pai a ofuscar-lhe os objectivos, D. Pedro I continuou a sua vingança mandando matar os carrascos de D. Inês de Castro. Em 1360, confirmou o casamento com a dama galega. Mandou construir um túmulo para a sua amada e fê-la rainha depois de morta, como diz Luís de Camões. Fez também um túmulo para si, e mandou-o colocar perto do de D. Inês, no Mosteiro de Alcobaça.

D. Pedro ainda teve outra amante, D. Teresa Lourenço, de quem teve o último filho, D. João, futuro D. João I, mestre de Avis. Faleceu em Estremoz, a 18 de Janeiro de 1367.


Daniela Vicente

Título: D. Pedro I, o Cruel

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 17

669 

Comentários - D. Pedro I, o Cruel

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios