Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Dicas para o primeiro encontro

Dicas para o primeiro encontro

Categoria: Outros
Comentários: 1
Dicas para o primeiro encontro

Há meses que você espera por um encontro e agora que o convite foi feito a ansiedade está a dar cabo de si! Tudo passa pela sua cabeça, o que vestir, o que falar, como agir, onde ir..
Respire fundo! Tenha calma! Afinal é apenas um encontro.

Em primeiro lugar, seja honesto! Não tente mostrar aquilo que você não é! Se o encontro correr bem e vocês continuarem a sair, a sua verdadeira personalidade acabará por vir ao de cima.

Seja original
Planear o local do encontro não é assim tão difícil! Uma ida ao cinema pode não ser muito vantajoso. Pense bem! Se o encontro demorar mais ou menos 3h e o filme durar entre 2h a 2h30, apenas terão à volta de meia hora para conversarem.
O melhor é optar por um jantar, café ou passeio. Assim têm tempo para falarem calmamente e conhecerem-se melhor.

Se optar por um restaurante escolha um simples e agradável. O melhor é não tentar impressionar por aquilo que não é!

Ao optar por um bar, escolha um discreto com música suave onde se possa conversar calmamente e onde o barulho e a agitação não atrapalhe.

Vestuário
A roupa é um factor fundamental!
Deverá usar aquilo com que se sente bem. É claro que não convém vestir algo demasiado formal nem algo demasiado desleixado. Não exagere no perfume!

Conversa e atitudes
Deverá evitar conversas sobre: assuntos polémicos, o passado (ex- mulher ou a ex- namorada), problemas (trabalho, família e saúde), falar mal dos outros, contas bancarias, criticas de qualquer espécie, sexo e bens materiais.

Seja positivo! Evite falar sobre a pouca sorte que tem ou em assuntos desagradáveis, Ao sermos optimistas tornamos-nos pessoas mais atractivas.

Preste atenção na outra pessoa e no que ela diz. Nada de distrair-se com a conversa da mesa ao lado ou olhar descaradamente para a boazona da empregada.

Não focalize a conversa apenas para si, deve também deixar a outra pessoa falar! Se não você poderá parecer um gralha!

Beba moderadamente! Não caia na asneira de beber um copo a mais e acabar por fazer algumas figuras ridículas.

Por último, se gostou do encontro não tenha medo de dizer. Pode mesmo agradecer.

Depois destas dicas tudo depende de si! E não se esqueça, acima de tudo seja honesto.

A honestidade é a base de uma relação!


Rua Direita

Título: Dicas para o primeiro encontro

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

765 

Imagem por: mrhayata

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • anaana

    06-03-2012 às 17:13:56

    cuidado nao bata nao xingue nao bote apilidos sabe porque esso é bollyg cuidado feque de olho bullyng é crime da cadeia nao fassa bullyng ele é crime sse aconteceu com vc nao tenha medo desque 100 epara o concelho nos vamos the ajudar fique de olho bullyng é crime da cadeia

    ¬ Responder

Comentários - Dicas para o primeiro encontro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: mrhayata

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios