Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Quero emagrecer. Mas como?

Quero emagrecer. Mas como?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Quero emagrecer. Mas como?

Nos últimos anos tem-se vindo a aprimorar um sentido de cuidado com a própria saúde, numa tentativa de melhorar a performance física e a beleza do corpo. Neste sentido, muitas são as coisas que têm sido ditas, milhões de páginas escritas e lidas por tanta gente. Eu mesma tenho procurado fazer uma pesquisa nesta área, procurando informação proveniente de opiniões diversas como também de investigações cientificas que têm sido levadas a cabo ao longo dos tempos, com vista a perceber o que pode melhorar o funcionamento do nosso organismo de forma a mantermos um peso ideal, sabendo o que é isso de peso ideal afinal.

A evolução da ciência que estuda a nutrição humana é notória, tal como a evolução científica no estuda das doenças que têm assolado os povos no decorrer dos séculos e continuam a fazê-lo. Neste contexto chega-se a conclusões relativamente ao que é o peso ideal para cada pessoa, através de médias, calculadas para as populações a nível mundial, não sendo estas completamente vinculativas, mas apenas estimativas. O peso ideal para uma pessoa é aquele com que a referida pessoa se sente bem, com saúde, forças físicas e mobilidade adequada, tendo também os valores analisados do seu sangue dentro dos valores regulamentares.

Para conseguir isto, normalmente recorremos às médias gerais conhecidas em que o índice de massa muscular ideal para pessoas adultas é para os homens entre vinte e vinte e cinco, e para as mulheres entre dezanove e vinte e quatro. Para calcularmos este índice dividimos o nosso peso em metros pela nossa altura ao quadrado; assim uma pessoa com um metro e sessenta e dois centímetros e sessenta e cinco quilogramas e meio, 65,5:(1,62X1,62) tem um índice de massa corporal, conhecido por IMC de 24,95, para esta pessoa conseguir entrar nos limites precisa pesar entre cinquenta e sessenta e três quilogramas; mas como fazer para conseguir tal proeza?

Para muitas pessoas fazer variar o seu peso é um verdadeiro drama porque desconhecem o seu metabolismo, tal como desconhecem a qualidade daquilo que comem como a quantidade, não em volume mas em peso calórico. Outra coisa que as pessoas desconhecem é a sua necessidade no que diz respeito à quantidade de calorias que devem ingerir diariamente, mas sem ter acesso a muita informação é possível fazer algo. O primeiro passo, é fazer uma lista de tudo o que se come durante um dia inteiro, sem escolher o dia em que se come menos para fazer o cálculo, deve fazer-se num dia equilibrado, ou mesmo fazer uma média dos dias de uma semana completa, inclua as refeições, os lanches, os cafés, chás, sem esquecer a quantidade de açúcar que coloca nos mesmos. Registe tudo, depois vá até à Internet e pesquise “Tabela da composição de alimentos” vai encontrar entre muitos resultados, um link para o Instituto Nacional de Saúde.

Aqui poderá pesquisar todos os alimentos crus ou cozinhados de diversas formas. Faça contas, as calorias estão calculadas para cem gramas de cada alimento, reduza-as às quantidades que ingeriu. Contas feitas, reduza quinhentas Kcal (quando falamos de Kcal ou calorias queremos dizer o mesmo, na verdade falamos de quilocalorias). Agora faça uma lista de tudo aquilo que tolera comer, aquilo que odeia não coloque na lista porque isso seria condenar à morte a sua dieta. Então procure estabelecer pelo menos cinco refeições diárias não excedendo a regra das menos quinhentas Kcal diárias. Junte a esta regra entre 2 a 4% do seu peso corporal em água. A primeira semana será um bocadinho difícil, quando sentir fome, se ainda faltar um pouco para a refeição beba água, se faltar muito coma uma bolachinha, tanto a bolacha maria como a bolacha torrada ou a de água e sal têm cerca de 27 Kcal, por isso é são um bom engana-fome.

Sobretudo, não desista. Pese-se semanalmente mas antes de comer e antes de se vestir… Controle o seu peso e invista em si. Se procurar carnes opte pelas carnes magras como aves ou coelho, não coma a pele saborosa do frango nem de peixes gordos como o Salmão por exemplo. Esqueça os refrigerantes pelo menos cinco dias por semana bem como as bebidas alcoólicas. Dê-se o prazer de uma sobremesa ou duas por semana escolhendo as menos calóricas, nos outros dias coma apenas fruta. Lembre-se que todas as refeições devem conter hidratos de carbono, e que tantas as vitaminas, como as proteínas e minerais são importantes para a sua saúde.

Faça isto, viva mais, viva com qualidade até ao fim.


Ana Sebastião

Título: Quero emagrecer. Mas como?

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 0

678 

Comentários - Quero emagrecer. Mas como?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios