Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Electrodomésticos > Como evitar o calcário na máquina de lavar

Como evitar o calcário na máquina de lavar

Categoria: Electrodomésticos
Visitas: 14
Comentários: 1
Como evitar o calcário na máquina de lavar

Lavar louças e roupas, já não oferecem tanto desgaste físico e agressão para as mãos que sofrem com os agentes de sabão e detergentes e economiza-se um tempo precioso para que se possa executar outras tantas tarefas. Os eletro-domésticos são verdadeiros auxiliares, sem eles, seria preciso desempenhar tarefas que tornam-se penosas, principalmente para quem tem uma grande família ou trabalha fora e dispõe de pouco tempo para os afazeres do lar, seria uma verdadeira correria. Como essas lavadoras são muito importantes, ter certos cuidados para que a vida útil das lavadoras seja mais duradoura é preciso e não adianta ficar apenas contando com o serviço de garantia, que cobrem alguns eventuais defeitos de fábricação e de uso.

Uma das coisas que mais afetam a máquina de lavar é o calcário, ele torna-se uma verdadeira praga, arruina os aparelhos. Faremos uma simples ilustração do que é o calcário na máquina de lavar: Quando uma máquina, especialmente a máquina de lavar roupas, estiver vazando água por baixo, quase sempre esse vazamento é causado pelo calcário acumulado na máquina, é por isso que ás vezes, ao se colocar roupas na máquina de lavar e depois de um certo tempo, ao voltar para verificar se a lavagem foi concluída, a área onde a máquina está instalada está inundada, sucedendo algo assim, é preciso desligar na tomada de energia e fechar a torneira de entrada, depois procurar um técnico.

Como dicas para evitar o calcário na máquina de lavar, sempre que usar, seja máquina de lavar louças ou roupas, ao encerrar o processo de lavagem, seca-las com um pano e deixar a porta aberta por um tempo, não precisa ser um tempo extenso, pode ser por cerca de meia hora, depois fechar para que não absorva odores. Fazer a limpeza da bandeja, onde fica detergente, amaciante, sabão, periódicamente, removendo conforme indicação de cada fabricante, para lavar, isso evita que fique sabão cristalizado, esse resíduo estando em contato com a água na lavagem seguinte é prejudicial para a lavadora. Limpar sempre o filtro da máquina, ele não é auto-limpante, deixar acumular sujeiras e pequenos objetos causa danos, uma vez que foram produzidos para serem filtro e não depósito, sabemos que quando não se remove o filtro para limpar é por falta de informação, muitas pessoas nem sabem que a lavadora tem filtro.

Outra dica para ajudar a evitar o calcário, é entre dez e doze lavagens, misturar vinagre branco em um pouco d'agua, colocar essa solução na bandeja do detergente e deixar bater como se estivesse lavando a roupa ou a louça.

Sílvia Baptista

Título: Como evitar o calcário na máquina de lavar

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 14

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    28-04-2014 às 05:44:41

    Que dicas fantásticas, Silvia. A Rua Direita fica contente e sabendo assim de como evitar o calcário na máquina de lavar fica muito mais fácil mantê-la funcionamento por mais tempo. Obrigada!

    ¬ Responder

Comentários - Como evitar o calcário na máquina de lavar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios