Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Vestidinho chocolate

Vestidinho chocolate

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Vestuário
Comentários: 2
Vestidinho chocolate

Fui convidada para ir num casamento numa cidade da região metropolitana de São Paulo.O horário do casamento é as dezessete horas da tarde.Horário bom,porém não ajuda nem um pouco os convidados na hora de se vestir.

Primeiro que não se pode abusar dos brilhos,da maquiagem mais pesada,das grandes bijuterias ou joias.

Tudo tem que ser muito discreto,muito suave.

Para ajudar os convites foram entregues,trinta e sete dias antes do casamento.Normalmente,esses convites de casamento são entregues aproximadamente dois a tres meses antes da data do casório.

Casar é complicado!Exige planejamento.Exige organização.É toda uma operação de logistica,para se chegar ao altar.

Antes de dizer o sim,é preciso lutar contra fornecedores,contra buffet,contra igreja e até contra os convidados.

Mas isso já é o papel dos noivos,ou melhor da noiva.

O meu é tentar emagrecer,para poder entrar num vestido de renda chocolate(tamanho m).Loucura,para quem está usando manequim quase quarenta e quatro.

Mas as esperanças,ainda estão fortes.Acho que ainda posso morrer de fome e emagrecer rapidamente.

Isso era meu pensamento,até minha irmã acabar com o meu pobre vestidinho.Dizendo que ele era simples demais para ir num casamento.Super triste,eu sei.

O jeito é desembolsar um valor que eu não tenho para poder estar bem vestida nesse casamento.Quanto drama!

Mas toda mulher,fica maluca quando o assunto é roupa para casamento.

E eu estou completamente alucinada e perdida sem saber o que vestir nesse casamento.

Tudo me parece inapropriado ou então eu penso que estou gorda demais para determinado vestido.

Quem sabe eu alugue algum vestido,é uma saída mais barata e menos sofrivel.

Também já pensei em ir de terninho,idéia descartada.De novo minha irmã mencionou que era simples demais para o evento.

Será que estou sendo muito simplória realmente?

Eu não recebo muitos convites para casamentos a tarde,então eu não sei o que vestir.

Esse texto na verdade é um desabafo,de uma mulher comum e jovem.Que não é nenhuma modelo,mas entende de moda.Que quer se vestir bem sem gastar uma fortuna.

Que deseja ficar bonita,sem parecer uma caricatura tosca.


Gabriela Torres

Título: Vestidinho chocolate

Autor: Gabriela Torres (todos os textos)

Visitas: 0

608 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 02:48:33

    Acho bem lindo um vestidinho na cor de chocolate. A mulher fica muito bonita e sensual.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    18-09-2012 às 15:00:04

    Os vestidinhos chocolate caem bem no corpo de qualquer pessoa. Antigamente, não me amarrava muito em vestidos, mas vi que é super feminina e devemos utilizar também porque não agridem as partes mais sensíveis. Ótimos para passeios, shopping, são super modernos e bem agradáveis em qualquer ocasião. A cor dele me faz bem, mudar um pouco as cores de nossos vestidos. Teve uma época que eu só usava preto e enjoa. Muito legal seu texto.

    ¬ Responder

Comentários - Vestidinho chocolate

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios