Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > A Separação...Parte 1

A Separação...Parte 1

Categoria: Literatura
A Separação...Parte 1

É muito difícil quando você precisa se separar de alguém..
Pelo menos para mim, na época,foi duro demais.
Eu me casei para ser feliz,e para a vida inteira.
E era isso que eu queria..
Tinha um bom emprego,ganhava razoavelmente para sobreviver..e ele também..Foi muito engraçado quando a gente se conheceu..trabalhávamos no mesmo emprego.
Eu garçonete e ele Recepcionista.
Um homem bonito, charmoso,com um belo par de olhos azuis.
Imagina, não era para o meu bico..pensei..
Na verdade descobri que morávamos no mesmo bairro.
E pegávamos o mesmo ônibus juntos.
E então a amizade começou,íamos conversando até a hora que ele descia em seu ponto e eu continuava,até descer no meu.
Eu nem imaginava namorar com ele..nem se passava isso pela minha cabeça,e de repente aconteceu..fomos ao karaokê e pronto,não nos separamos mais..
Seis meses depois estávamos noivos,e depois de 01 ano, casados.Eu estava vivendo um conto de fadas.
Ele, um homem bonito e eu nunca me achei interessante.
Mas algo ele viu em mim.
Depois de um tempo descobri que ele se encantou pela minha inteligência,pela minha capacidade de ver as coisas diferentes,como assim ..diferentes????
Bom, o tempo passou e estávamos nós dois novamente no mesmo Emprego,eu como Analista de crédito e ele como promotor de vendas.Só o que eu não esperava era que aquele conto de fadas ,depois de um tempo iria se tornar um pesadelo.Depois do bebê,muitas brigas vieram,muitas idas e vindas,enfim até a separação acontecer por causa de uma traição,com a recepcionista do trabalho dele,do qual já era o nosso próprio negócio.No começo, eu tive muita raiva dele,de mim mesma..Imaginava que tudo era uma crise e logo estaríamos juntos novamente.
Mas não..foi uma grande espera sem volta.
Um ano havia se passado e eu já estava sentindo a cobrança dos familiares,achando que eu estava esperando ele um dia voltar.
Mas isso nunca aconteceu..sofri,chorei,senti um vazio terrível..e a dor da traição..tudo junto..
Depois veio a revolta,a desilusão,a raiva,o Rancor.
A vontade de ir atras e pedir para voltar.
Ele voltou ..ela o colocou para fora de casa,e ele foi direto para a minha casa..
Fiquei feliz! Mas, eu olhava para ele,e pensava nas dores sofridas na ausência dele.
As noites mal dormidas,enfim..
Não deu para mim..
Perdoei ele com certeza..mas não me sentia mais feliz ao lado dele..pois eu havia perdido a confiança ..
Fazer o que??
Poderia ter feito besteiras se tivesse por impulso corrido atras,tentar reconstruir a minha vida com ele.
Não sei o que deu em mim,pois simplesmente abri mão.
Por isso digo sempre..o começo é difícil para todo mundo..mas não é impossível..você se acostuma a viver só..e quando isso acontece..é sinal que esta começando a superar suas perdas.

Patricia Santos

Título: A Separação...Parte 1

Autor: Patricia Santos (todos os textos)

Visitas: 0

641 

Comentários - A Separação...Parte 1

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios