Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Vá de férias, mas leve um kit de primeiros socorros

Vá de férias, mas leve um kit de primeiros socorros

Categoria: Saúde
Visitas: 6
Vá de férias, mas leve um kit de primeiros socorros

Férias à vista. É o que muita gente refere quando finalmente chega o dia de meter as malas no carro.

Estas, são algo muito desejado por toda a família, principalmente pelos mais pequenos e por todos aqueles que anseiam por uns momentos de merecido descanso depois de um ano de muito trabalho.

O tempo de espera para que tal aconteça, que por vezes é de muitos meses, leva as pessoas a organizarem muito bem aquele espaço de tempo que parece nunca mais chegar. Mas, na verdade não são raros os casos em que é esquecido o simples fato de que durante essas férias podem acontecer acidentes ou doenças que embora sem grande gravidade precisam ser resolvidos de imediato pois de outra forma podem arrasar as suas férias.

Malas, brinquedos, comida entre outros é necessário não esquecer de levar consigo um kit de primeiros socorros. Este pode ser de primordial importância para o sucesso das suas férias. Organize-o de forma a que no momento em que for necessário não se perca tempo à procura dos materiais necessários.

O kit deve ser feito tendo em conta a opinião da própria pessoa dado que é certamente ela que o vai usar em caso de necessidade, no entanto, é aconselhável que este seja dividido em quatro partes de igual importância:

• Uma para os instrumentos, que deve conter uma tesoura, uma pinça, um termómetro e luvas esterilizadas.

• Outra com materiais necessários à elaboração de um penso como é o caso de compressas esterilizadas, ligaduras, algodão, adesivo e pensos de diversos tamanhos.

• Quanto à parte dos medicamentos esta deve estar munida de toalhitas com desinfetante, desinfetante, soro fisiológico, água oxigenada, pomada para picadas de insetos e queimaduras, analgésicos, antieméticos, antipiréticos, anti-inflamatórios, repelente de insetos, anti alergénicos e sabão de coco para limpar a zona das picadas ocorridas com animais peçonhentos.

• Na quarta parte deve existir uma bolsa de água quente e água gelada e um manual de primeiros socorros.

Para além de todos estes cuidados não se esqueça de verificar o prazo de validade e não dê qualquer medicamento sem antes ter a certeza de que a pessoa não é alérgica. Para sua maior segurança logo que chegar ao local escolhido para as suas férias procure saber onde é o hospital mais próximo assim como uma farmácia.


Isabel Costa

Título: Vá de férias, mas leve um kit de primeiros socorros

Autor: Isabel Costa (todos os textos)

Visitas: 6

627 

Comentários - Vá de férias, mas leve um kit de primeiros socorros

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios