Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Unha encravada: o que fazer

Unha encravada: o que fazer

Categoria: Saúde
Visitas: 4
Comentários: 5
Unha encravada: o que fazer

Ter uma unha encravada é um problema de muitos devido a descuidarem-se alguns pormenores de higiene muito importantes e ao uso de calçado pouco apropriado e de plástico. O seu aparecimento deve-se a inúmeros motivos de entre os quais os mais usuais são o uso de sapato apertados e muto estreitos à frente. Como apertam os dedos dos pés, a unha cresce, penetra na pele causando dor e inflamação. A unha encravada è considerado um problema de pele grave se não for convenientemente tratada. Deste modo quando a unha cresce e enterra na pele ao seu redor forma uma barreira ao seu crescimento. Não é aconselhável cortar as unhas com tesoura porque esta não tem formato para os dedos e podem cortar a carne. Estas devem ser cortadas de forma recta e nunca de forma arredondada.

Também não se devem cortar muito curtas especialmente nos cantos. Estes devem ficar visíveis e não com as unhas enterradas. Deve tratar-se muito bem dos pés, fazendo uma boa higiene e trocar de meias todos os dias. Estas devem ser preferencialmente de algodão para não transpirarem. Os sapatos devem ser de pele e no verão convêm usar sandálias ou sapatos abertos para os pés respirarem. Com a transpiração as unhas amolecem e partem permitindo mais problemas para as unhas e pés. A postura e a forma de andar devem ser correcta e deve ainda evitar-se a deformação e joanetes. Isto deve-se a sapatos e meias demasiado apertados que empurram a pele.

O problema das unhas encravadas atinge mais as pessoas muito activas e as idosas e desportistas. Como transpiram mais elas amolecem e quebram com mais facilidade dando intrusão à infecção. Pode atingir também as crianças que usam fatos demasiado apertados nos pés ou ao dormirem com eles de noite. Assim ao ser-se atingido por este problema os primeiros cuidados são desinfectar uma lima e tentar levantar a unha que está enterrada. Se estiver infectada deve tomar-se um antibiótico para evitar que a inflamação espalhe ao redor.

Não se deve extrair a unha porque depois pode crescer em cima da carne esponjosa e inflamar novamente. Deve desobstruir-se a unha para crescer livremente. No caso de a pele estar muito inflamada pode colocar-se algodão entre os dedos para afastar a pele inflamada. Se a unha estiver muito enterrada e com inflamação deve ser removida com cirurgia. Mas o melhor remédio é tomar precauções de higiene, bons sapatos, meias frescas de algodão e ter cuidado com a transpiração dos pés.

Teresa Maria Batista Gil

Título: Unha encravada: o que fazer

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 4

784 

Imagem por: quinn.anya

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • gleicegleice

    24-02-2012 às 15:34:53

    bom vc não precisa ir ao medico...
    pode procurar uma podologa...
    ou uma manicure em um salão de beleza

    ¬ Responder
  • gleicegleice

    24-02-2012 às 15:32:17

    @priscila silva
    pricila oque vc deve fazer é simples
    coloca os pés em um recepiente limpo,com agua morna e sal grosso
    assim sua unha ira desenflamar ai então vc pode ir ate uma manicure

    ¬ Responder
  • anonimoanonimo

    04-07-2011 às 12:17:46

    eu tenho duas unhas encravadas ja fiz tres cirugias de remover as unhas e nao teve resultado,desinfecto duas vezes por dia os dedos e ponho fucidine e ate agora nao teve grande resultado que mais devo fazer??

    ¬ Responder
  • ROBERTO BOMFIM PEREIRAROBERTO BOMFIM PEREIRA

    27-12-2010 às 11:35:03

    estou com a unha encravada ja alguns meses e sinto que ela esta muito enterrada. o que devo fazer ? quem eu devo procurar ? eu nao tenho plano de saude eu posso ir ate um centro de saude do sus e fazer uma cirurgia rapida por la ?

    ¬ Responder
  • priscila silvapriscila silva

    13-07-2010 às 16:27:34

    estou com a minha unha enflamada não consigo colocar tenis de tão machucada q ela esta seria a unha do dedão do pé o q possu usar para desenflamar...

    ¬ Responder

Comentários - Unha encravada: o que fazer

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: quinn.anya

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios