Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Trate o pé-de-atleta

Trate o pé-de-atleta

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 24
Comentários: 19
Trate o pé-de-atleta

O pé de atleta, também denominado tinea pedis, é uma infeção nos pés provocada por fungos, bastante comum nos países ditos desenvolvidos, onde afeta cerca de 70 por cento das populações em alguma etapa das suas vidas.

Não obstante o fungo dermatófito que lhe dá origem se poder encontrar em lugares indiscriminados, ele aparece com maior frequência em ambientes como balneários, piscinas, ginásios, instalações de apoio a veraneantes e sítios públicos, onde as pessoas costumam andar descalças e a temperatura elevada, aliada à humidade, produz condições ótimas ao seu desenvolvimento. Meias que não sejam de algodão e sapatos demasiado fechados ou apertados completam o ciclo de uma contaminação da pele dos pés, nestes ou noutros espaços.

Trata-se de uma doença muito contagiosa que atinge mais homens do que mulheres e que se pode manifestar através de comichão intensa, picadas e ardor nas zonas interdigitais e/ou nas plantas dos pés, de gretas, bolhas ou descamação entre os dedos, de mau cheiro, do espessamento da pele e de unhas amareladas e baças, irregulares, espessadas e quebradiças. Os sinais e sintomas podem ser os mais variados, incluindo fissuras, sendo pouco plausível que uma só pessoa os patenteie todos.

Esta micose, que ocorre predominantemente nos espaços interdigitais dos dedos dos pés, pode perfeitamente estender-se para a planta ou os lados destes, para as unhas, e, pelo ato de coçar, até para as mãos, virilhas e axilas!

As micoses constituem infeções humanas causadas por fungos e, portanto, tratadas com anti-fúngicos (pomadas, loções, cremes, pós, tinturas e preparações orais), destinados a combater os diferentes acometimentos: descamação, vermelhidão, pequenas vesículas, ulcerações em carne viva, etc.

Dicas e Sugestões


Seja como for, o principal é secar bem os pés após o banho, pois o fungo não prospera em meio seco. Posteriormente, deve ter-se em conta que, muitas vezes, a acne, certos tumores na pele, pé de atleta e outras enfermidades similares são indícios claros de é necessário iniciar uma dieta e consolidar o sistema imunitário, a fim de evitar patologias mais graves. Deste modo, há que dar preferência a frutas e vegetais crus, carnes magras, cereais integrais (tudo muito bem mastigado), beber água com abundância, limitar o consumo de açúcar (alimento preferido das leveduras e fungos), gordura e cafeína. Os ácidos gordos essenciais (como o ómega 3) favorecem a cura da pele.

O alho é usado desde há séculos para curar infeções virais, bacterianas e parasitárias e ajuda a acautelar infeções. Parece que mata mesmo o fungo do pé de atleta.

A clorofila (presente em vegetais de folhas verde-escuras) purifica o sangue e coadjuva a eliminação das toxinas produzidas por bactérias e fungos. Um sumo fresco destas folhas, eventualmente combinado com maçã, cenoura ou beterraba, é um medicamento natural, tal como a mirra, que funciona como antibiótico anti-fúngico.

Adicionar seis gotas de óleo de tomilho (que auxilia no combate às infeções e no acalmar da inflamação) a um copo de água e esfregar nos pés, no mínimo três vezes por dia, é outra ideia.

O chá de orégão (excelente anti-fúngico), tomado à razão de três chávenas por dia, é magnífico para expulsar vermes. Para tal, só é preciso ferver um litro de água, à qual se junta uma colher de sopa de orégãos, desligando o lume e deixando a infusão abafada. Abafe o fungo do pé de atleta!


Maria Bijóias

Título: Trate o pé-de-atleta

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 24

780 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 19 )    recentes

  • francisco almeida

    13-10-2013 às 09:01:51

    já há muitos anos que tinha esta coseira entre os dedos dos pés,mas desta ves não há meio de passar,eu costumo pôr diperzone,pomada,mas agopra já não efeito nenhum ,mas o pé está inchado,se conhecerem algum medicamento eficas agradeço

    ¬ Responder
  • Rosana Coppolla

    14-06-2013 às 16:41:24

    Gostaria de saber onde encontro ácido bórico em pó aqui em São José dos Campos.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatização

    26-10-2012 às 10:13:59

    UUuuuiiii esta é complicada. Medico!?

    ¬ Responder
  • Luis

    07-08-2012 às 19:35:50

    PEVARYL em pomada,foi a minha solução.Considero uma solução razoável.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJosé Medeiros

    17-07-2012 às 11:58:46

    Bom dia!
    Apenas queria testemunhar que o Lamisil, para mim, foi um "milagre". Sabem o que é (e devem saber mesmo) andar anos com o pé assim e, numa semana, com uma aplicação, desaparecer TUDO por completo?
    Há que seguir as instruções muito bem, para o filme não sair antes do tempo.
    Nota: Também gostei de saber sobre o ácido bórico!
    Saúde para todos!

    ¬ Responder
  • leonardo zikaleonardo zika

    17-05-2012 às 00:25:47

    bom dia a dodos
    vcs sabem que o sapo não lava o pe

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãocarla

    15-05-2012 às 11:08:57

    bom dia paulo,
    sabes me dizer se esse acido bórico se compra nas farmácias? ou onde posso comprá-lo?
    obrigada

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoPaulo

    30-04-2012 às 18:09:59

    Ola,

    Venho partilhar a minha experiencia pois assim como muitas pessoas procurei na net uma cura para este mal.
    durante quase 1 ano tive pé de atleta em seis dedos dos pés incluindo na frente do dedo grande que se alastrou e começou a descolar a unha.
    Experimentei todo o tipo de pomadas no mercado, mudei todo o meu calçado, fui ao dermatologista que me receitou uns comprimidos e mais uma pomada, tudo isto e nada, o lamisil 1 só funcionou 3 dias, depois a pelicula descola da pele e voltou tudo ao mesmo...até que um amigo me falou de ácido bórico palhetas 30g (em palhetas mesmo, não comprem em pó), acreditem ou não é tiro e queda, uma embalagem de 30g dura mais ou menos 1 semana e basta deitar um pouco do conteudo dentro das meias antes de se calçarem todos os dias, ao fim de uma semana já só tinha pele nova, mas continuei a usar durante 1 mês e meio para garantir que limpava todos os fungos.

    Tem 2 inconvenientes, as meias vão ficar brancas e a pele dos peles fica um pouco tipo quem anda muito descalço, mas isso não importa nada quando já não sabemos o que fazer para acabar com o problema.

    Pode ser usado ainda de rotina aplicando um pouco dentro do calçado antes de calçar, quase nao deixa os pés suarem e acaba com qualquer mau cheiro dos pés.

    Em conclusão, gastei dezenas de euros em consultas, pomadas, comprimidos e calçado quando a solução passou por umas saquetas que custam aprox. 80cent cada

    Espero que possa ajudar alguem que se encontre na msm situação ;) já lá vao varios meses e estou bom, mas agora nos dias de mais calor aplico sempre umas palhetas no calçado, assim nao suo nem crio mau cheiro como o bicho nao aparece.

    Cumprimentos

    Paulo

    ¬ Responder
  • maria

    19-01-2013 às 11:33:14

    boa tarde,onde encontro ácido bórico?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãotoze

    05-02-2013 às 16:55:35

    numa farmacia!existe um frasco de 100gr!as rapidas melhoras!

    ¬ Responder
  • joão

    14-01-2013 às 11:05:32

    Obrigado amigo Paulo pelas valiosas dicas da sua experiência.

    Agora deixou-me sem saber onde encontro o Ácido Bórico?

    Agradeço muito aguardando a sua resposta.

    Um abraço,
    joão

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãosandra

    15-08-2011 às 22:54:19

    O sabão azul e branco lava muito bem além de ser um bom desinfectante.A pomada terbinafina que se compra na farmácia é um antifungico e costuma actuar bem neste casos, quando a micose atinge a unha existem comprimidos de terbinafina para tomar tambem.

    ¬ Responder
  • adão marcosadão marcos

    18-07-2011 às 23:50:24

    tenho micose nos vão dos dedos e sempre coçam deixando sempre em carne viva, ja usei varios remedios como cremes formulados, mais ainda continua a lesão

    ¬ Responder
  • JERONIMO DE PAULAJERONIMO DE PAULA

    10-06-2011 às 17:13:42

    Tenho uma micose entre os dedos dos pés que quando ataca, fico com os dedos em carne viva!
    Já fiz vários tratamentos, elas somem e dois voltão!
    preciso de ajuda, pois esse problema me incomoda muito.

    ¬ Responder
  • guidaguida

    14-05-2011 às 00:22:56

    meus pés estão ficando inchados e tenho duas manchas pretas no pé que parecem calos, tenho também uma fissura num dedo, será que tenho pé de atleta? sofro muito de má circulação. ajudem-me.

    ¬ Responder
  • julianojuliano

    02-04-2011 às 03:32:55

    meus pes da bolha e fica cm coceira...estou usando uma pomanda mais naum estou vendo resuta pomada nova corte....o que tenho q fazer?

    ¬ Responder
  • JuniorJunior

    14-03-2011 às 01:19:03

    O meu pé-de-atleta fede muito e o que faço com o alho? Piso ele e passo no pé? me socorra!!!!

    ¬ Responder
  • rodrigorodrigo

    29-07-2010 às 01:42:13

    bem eu ao ver estes blogs posso dar a minha sugestao que ajuda um pouco por ter a mesma situaçao utilizo acido borico mesturado com agua num alguidar os pes so precisam tar meia hora por dia de molho mas para isso algumas das situaçoes tem que se fazer a quem tenha umas burbulhas arrebentar e por logo os pes de molho e assim que me alivia os pes das comichoes aguenta serca de mes e neio ha tres meses sem as ditas comichoes

    ¬ Responder
  • Ligiane ScottiLigiane Scotti

    17-07-2010 às 00:02:17

    Bom.. estou preocupada, porque ultimamente apareceu uma coceira intensa no meio dos dedos com bolhas.. e na virilha também.. eu fico louca de coceira.. tomei um comprimido.. que até aliviou, mas voltou!
    O que devo fazer com o alho?

    ¬ Responder

Comentários - Trate o pé-de-atleta

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Ex-Machina e a máxima: cuidado ao mexer com os robôs.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: DVD Filmes
Ex-Machina e a máxima: cuidado ao mexer com os robôs.\"Rua
Este texto irá falar sobre o filme Ex_Machina, nele podem e vão ocorrer Spoillers, então se ainda não viram o filme, vejam e voltem depois para lê-lo.

Impressões iniciais:

Ponto para o filme. Já que pela sinopse baixei a expectativa ao imaginar que era apenas mais um filme de robôs com complexo de Pinóquio, mas evidentemente que é muito mais que isso.

Desde as primeiras cenas é possível perceber que o filme tem algo de especial, pois não vemos uma cena de abertura com nenhuma perseguição, explosão ou ação sem propósito, típica em filmes hollywoodianos.
Mais um ponto, pois no geral o filme prende mais nos diálogos cerebrais do que na história em si, e isso é impressionante para o primeiro filme, como diretor, de Alex Garland (também roteirista do filme). O filme se mostrou eficiente em criar um ambiente de suspense, em um enredo, aparentemente sem vilões ou perigos, que prende o espectador.

Entrando um pouco no enredo, não é difícil imaginar que tem alguma coisa errada com Nathan Bateman (Oscar Isaac), que é o criador do android Ava (Alicia Vikander), pois ele vive isolado, está trabalhando num projeto de Inteligência Artificial secreto e quando o personagem orelha, Caleb Smith (Domhnall Gleeson), é introduzido no seu ambiente, o espectador fica esperando que em algum momento ele (Nathan) se mostrará como vilão. No entanto isso ocorre de uma forma bastante interessante no filme, logo chegaremos nela.

Falando um pouco da estética do filme, ponto para ele de novo, pois evita a grande cidade (comum nos filmes de FC) como foco e se concentra mais na casa de Nathan, que fica nas montanhas cercadas de florestas e bastante isolado. Logo de cara já é possível perceber que a estética foi pensada para ser lembrada, e não apenas um detalhe no filme. A pesar do ambiente ser isolado era preciso demonstras que os personagens estão em um mundo modernizado, por isso o cineasta opta por ousar na arquitetura da casa de Nathan.

A casa é nesses moldes novos onde a construção se mistura com o ambiente envolta. Usando artifícios como espelhos, muitas paredes de vidro, estruturas de madeira e rochas, dando a impressão de camuflagem para a mesma, coisa que os ambientalistas julgam favorável à natureza. Por dentro se pode ver de forma realista como podem ser as smart-house, não tenho certeza se o termo existe, mas cabe nesse exemplo. As paredes internas são cobertas com fibra ótica e trocam de cor, um efeito que além de estético ajuda a criar climas de suspense, pois há momentos onde ocorrem quedas de energia, então fica tudo vermelho e trancado.

O papel de Caleb á ajudar Nathan a testar a IA de AVA, mas com o desenrolar da história Nathan revela que o verdadeiro teste está em saber se Ava é capaz de “usar”, ou “se aproveitar” de Caleb, que se demonstra ser uma pessoa boa.

Caleb é o típico nerd introvertido, programador, sem amigos, sem família e sem namorada. Nathan também representa a evolução do nerd. O nerd nos dias de hoje. Por fora o cara é careca, barbudão com uns traços orientais (traços indianos, pois a Índia também fica no Oriente), bebê bastante e ao mesmo tempo malha e mantém uma dieta saudável pra compensar. E por dentro é um gênio da programação que criou, o google, o BlueBook, que é um sistema de busca muito eficiente.

Destaque para um diálogo sobre o BlueBook, onde Nathan fala para Caleb:
“Sabe, meus concorrentes estavam tão obcecados em sugar e ganhar dinheiro por meio de compras e mídia social. Achavam que ferramenta de pesquisa mapeava O QUE as pessoas pensavam. Mas na verdade eles eram um mapa de COMO as pessoas pensavam”.

Impulso. Resposta. Fluido. Imperfeição. Padronização. Caótico.

A questão filosófica vai além disso esbarrando no conceito de “vontade de potência”, de Nietzche, mas sobre isso não irei falar aqui, pois já há textos muito bons por aí.

Tem outra coisa que o filme me lembrou, que eu não sei se é referência ou se foi ocasional, mas o local onde Ava está presa e a forma como ela fica deitada num divã, e questiona se Caleb a observa por detrás das câmeras, lembra o filme “A pele que habito” de Almodóvar, um outro filme excelente que algum dia falarei por aqui.

Talvez seja uma versão “O endoesqueleto de metal e silicone que habito”, ou “O cérebro positrônico azul que habito”, mesmo assim não podia deixar de citar a cena por que é muito interessante.

Pesquisar mais textos:

Jhon Erik Voese

Título:Ex-Machina e a máxima: cuidado ao mexer com os robôs.

Autor:Jhon Erik Voese(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Suassuna 11-09-2015 às 02:03:47

    Gostei do texto, irei conferir o filme.

    ¬ Responder
  • Jhon Erik VoeseJhon Erik Voese

    15-09-2015 às 15:51:02

    Que bom, obrigado! Espero que goste do filme também!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios