Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Queda de Cabelo

Queda de Cabelo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Queda de Cabelo

A queda de cabelo é um problema que afeta muitos homens e mulheres de várias idades. Não é só a partir da meia-idade que o cabelo começa a enfraquecer e por fim a cair. Já existem casos de queda de cabelo grave em jovens e mesmo em adolescentes. Os tratamentos disponíveis para a queda de cabelo por vezes são ineficazes e os que até poderiam ter algum efeito são muito dispendiosos.

Existem muitas razões e causas para a queda de cabelo. Muitas vezes não são identificáveis, mas de qualquer forma vale sempre a pena consultar um dermatologista para tentar descobrir a causa do problema e indicar-lhe um tratamento adequado. Quando são quedas de cabelo momentâneas, com as quais já está familiarizada, não se preocupe demasiado. Pode dever-se a um problema hormonal ou simplesmente por ser uma altura em que se encontra mais agitada(o). Se ficar preocupada em demasia, só agravará o seu problema.

Se verificou alguma queda anormal no seu cabelo ou se tem histórico familiar de calvície precoce pode aplicar máscaras naturais caseiras. Este tipo de máscaras não têm efeitos prejudiciais para a sua saúde, visto que são naturais, e têm sempre benefícios mesmo que em si não tenha o efeito desejado.

Uma máscara que pode colocar semanalmente ou quinzenalmente, e é muito simples de preparar, é a de couve galega, a couve que utiliza para fazer caldo verde. Basta para isso cortar umas folhas de couve, incluindo o caule, e liquidificar. Pode acrescentar água se for necessário, se não for é preferível utilizar somente a couve.

Depois da pasta pronta, coloque no seu cabelo e esfregue no couro cabeludo. Abra o seu cabelo em mechas e aplique utilizando o mesmo método como se estivesse a aplicar tinta de coloração. Deixe atuar durante vinte ou trinta minutos enrolando uma toalha, passada por água quente e escorrida, em volta do seu cabelo envolvendo-o no preparado.

De seguida, lave o cabelo como de costume. Aplique, de preferência um champô indicado para o problema em questão e uma máscara de cuidado intensivo. Não deixe a máscara para além do tempo indicado e enxague bem o seu cabelo, preferencialmente utilizando água tépida.


Rua Direita

Título: Queda de Cabelo

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

614 

Comentários - Queda de Cabelo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios