Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O que é o Síndrome dos Ovários Policísticos?

O que é o Síndrome dos Ovários Policísticos?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Comentários: 1
O que é o Síndrome dos Ovários Policísticos?

Nunca ouviu falar? Do Síndrome talvez não, mas daquilo que a carateriza não é nem desconhecido nem indiferente.

O Síndrome dos Ovários Policísticos afetam entre 5% a 10% das mulheres em plena idade reprodutiva. As suas principais características são as irregularidades no ciclo menstrual (como o atraso ou o adiantamento). O sangramento excessivo refletem uma ovulação e produção hormonal excessiva.

Também acontece com frequência a produção excessiva de pelos, chamada de hirsutismo e também o acne.

Quem sofre deste Síndrome tem os ovários maiores que o normal e a maior causa é o excesso de produção de hormônio a que se dá o nome de androgênio. Esta produção excessiva acelera o crescimento dos pelos e a oleosidade da pele pela glândula sebácea. A origem da acne é bastante variada e pode não só resultar dos androgênios, mas este pode ser um fator fundamental nesta situação.

Este Síndrome poderá ter consequências graves com o passar do tempo, pois as células de endométrio podem crescer de forma compulsiva e tendem a desenvolver cancro. Também os problemas da diabetes e situações de problemas cardiovasculares podem ocorrer, tal como a resistência á insulina, obesidade e hipertensão arterial.

Apesar de não se conhecer ao certo o que causa este Síndrome, estudos tendem para a hipótese da causa serem pequenos distúrbios na parte do cérebro que controla os processos metabólicos.

O diagnóstico só é feito quando se excluem outras causas para a excessiva produção de androgênio. A doença também pode ser identificada através do ultrassom feito nos ovários. Apesar disso, os sintomas podem não ser o bastante para identificar o Síndrome.

Sendo a obesidade um problema agravado com este Síndrome, recomenda-se exercício físico e uma alimentação saudável. Alimentos ricos em fibra, vitaminas e vegetais são fundamentais para combater algumas características que fazem sofrer quem sofre deste distúrbio.

Com os permanentes estudos e com o avançar da medicina, o tratamento para o Síndrome dos Ovários Policísticos já é possível.

O uso de medicamentos pode controlar a produção de androgênio e a pilula anticoncecional pode melhor o estilo de vida. Desta forma o ciclo menstrual pode ser controlado tal como as hormonas.

viver com este Síndrome pode ser complicado, mas com ajuda médica associada a uma boa alimentação e a exercicio fisico, terá todas as condições para ter um ciclo menstrual normal e enfrentar este Síndrome com conhecimento e com alguma facilidade.


Carla Horta

Título: O que é o Síndrome dos Ovários Policísticos?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

612 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Josiane

    06-11-2013 às 01:13:50

    Eu tenho esta sindrome, desde os 16 anos, e tenho hisurtismo, ja sofri muito com isso, hoje tenho que fazer um tratamento a laser para retirar isso. Mas a medicação eu não conheço, o medico so me da anticoncepcional.

    ¬ Responder

Comentários - O que é o Síndrome dos Ovários Policísticos?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios