Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O prestador de cuidados ao idoso

O prestador de cuidados ao idoso

Categoria: Saúde
Visitas: 2
Comentários: 3
O prestador de cuidados ao idoso

Envelhecer é provavelmente das mudanças que mais transformam o ser humano infligindo-lhe algumas vezes dor e sofrimento. Ao longo dos anos e enquanto este processo se dá são muitas as alterações sentidas. Trazem consigo a perda de algumas capacidades, a perda dos momentos de prazer com amigos e familiares e a solidão tão temida pela grande maioria de nós.

A ajuda necessária
Juntamente com o envelhecer vem também a necessidade de que lhe sejam prestados cuidados e ajudas para que as tarefas mais básicas indispensáveis à vida possam ser realizadas. Não é mentira que a qualidade de vida é muitas vezes perdida ou pelo menos não é a desejada, sentindo-se o idoso um “estorvo” na vida daqueles que o rodeiam.

Os cuidadores
Mas, em todo este processo não podem ser esquecidos os cuidadores, quando estes são os familiares mais diretos da pessoa envelhecida. A eles também são muitas as vezes em que o sofrimento lhes é imposto por presenciarem a perda de capacidades e a fragilidade do seu ente querido. A par deste, encontra-se igualmente a perda de qualidade da sua vida uma vez que há alguém que se encontra totalmente dependente dos seus cuidados e da sua presença.

A destruição da familia
O cuidador, muitas vezes não sabe como lidar de forma correta com os seus sentimentos e com os sentimentos do idoso. Não tem conhecimentos para compreender algumas reações menos corretas por parte deste sendo que desta forma, que não são raras as vezes, em que se assiste a um desmoronar da entidade familiar. Esta destruição pode também ser fruto das discórdias, das tristezas vividas, das depressões e da falta de ajuda ao cuidador.

Desenvolvimento de competências
Para que tal não aconteça é necessário que o prestador de cuidados tenha a capacidade e a oportunidade de desenvolver algumas competências de forma a cuidar corretamente de quem já cuidou de si. Só assim é possível conseguir uma relação de ajuda para que ambos saiam beneficiados e não prejudicados.

Sugestões ao cuidador
Com este objetivo aqui ficam algumas sugestões que podem ser bastante uteis. Assim estimule o idoso:
• Ao contacto com meio ambiente, com os amigos e familiares colocando-o a par de tudo o que acontece e pedindo a sua opinião.
• A dar pequenos passeios e a realizar outras atividades como a leitura e a música ou outros de interesse do idoso.
• Aos cuidados de higiene realizando-a nos horários que mais lhe agradar.
• A ingerir os alimentos que mais gosta tendo o cuidado de promover uma alimentação adequada à sua idade e ao seu estado de saúde. Não esqueça da água.

Se precisar de ajuda pra cuidar do seu idoso peça ajuda às entidades existentes para o efeito.


Isabel Costa

Título: O prestador de cuidados ao idoso

Autor: Isabel Costa (todos os textos)

Visitas: 2

634 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    23-07-2014 às 19:02:01

    Já está avançando até mesmo como profissão: o cuidados de idoso. Muito bom! Hoje em dia é super necessário!!!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoruca

    12-04-2013 às 20:32:00

    este texto foi muito educativo para mim, obr

    ¬ Responder
  • Isabel CostaIsabel Costa

    27-04-2013 às 06:36:59

    Fico contente por ter ajudado.

    ¬ Responder

Comentários - O prestador de cuidados ao idoso

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios