Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Implante dental

Implante dental

Categoria: Saúde
Comentários: 1
Implante dental

Ter dentes perfeitos é o desejo da maioria das pessoas. Este sonho, que pode ser originado por necessidade ou simples estética, está cada vez mais possível. O tratamento odontológico sempre foi considerado caro e inacessível para quem depende de planos de saúde, que nem sempre incluem essa especialidade e também par quem não tem. Mas, atualmente há empresas que cobram preços mais realistas e ainda fazem parcelamentos em até 24 vezes.

O implante dental é muito procurado por quem almeja ter um sorriso perfeito, mas também pode ser considerada uma necessidade para uma parcela da população que não teve acesso ao tratamento adequado na juventude ou substituiu parte dos dentes por prótese dentária. Além de extremamente, mas confortáveis do que as próteses removíveis (totais ou parciais), os implantes não causam perda óssea e a inda não danificam nenhum dos dentes que ainda permanecem, pois a intervenção cirúrgica é apenas no local do dente ausente.

Já aqui no Brasil o implante bucal para muitas pessoas era só um sonho, pois os preços sempre foram considerados caros e nem todos os planos de saúde cobrem essa especialidade. “a novidade é que esse tratamento já esta mais acessível é os preços mais realistas e ainda há possibilidade de parcelar em até 24 vezes. Isso é possível através de uma empresa que intermédia o pagamento entre o paciente, o cirurgião dentista e o agente financeiro, cuidando de toda parte administrativa e financeira do serviço.

Outras novidades é que antes havia uma espera de 4 a 6 meses para um implante definitivo e atualmente os especialistas realizam em apenas 72 horas ( em media) é curioso mas o desejo de repor a dentição não é algo que pode ser considerado novidade, deste o primórdio da humanidade, o ser humano sempre buscou a reposição de perdas dentais através de diversos materiais, como mostram crânios arqueológicos com sinal de tentativas de implantação dentaria como conchas, marfim,madrepérola, entre outros objetos.

Por muito tempo os especialistas estudaram o assunto e hoje as técnicas de implantodontia são consideradas seguras e quase não há casos de rejeição. Os materiais a base de titânio são bem tolerados e fazem com que haja uma integração do osso com o material utilizado (osseointegração). “implante osseointegrado é um cilindro confeccionado de titânio com alto grau de pureza, o qual, através de uma pequena cirurgia, é fixado no tecido ósseo, funcionando posteriormente como se fosse à raiz dental e osseointegrando-se, torna-se um pilar perfeito para a instalação de uma coroa dental, que deve ter o aspecto de dente natural fixada sobre o implante ou parafusado dentro do mesmo” o implante pode ser considerado uma forma mas permanente de reabilitação, porque aproxima-se esteticamente muito mais do que qualquer outro tipo de prótese.

Também é a melhor solução para pessoas com a ausência genética de um dente (agenesia dental) principalmente em dentes anteriores, cuja estética é de fundamental importância, sem a necessidade de o profissional preparar (desgastar) outros dentes ao lado daquele perdido como ocorre em próteses fixas convencionais, em que Vários dentes são desgastados, muitas vezes, dentes íntegros alerta os dentistas. A colocação dos implantes osseointegrados, normalmente, é feita no próprio consultório devidamente equipado, onde, após os procedimentos normais de assepsia para procedimento cirúrgico, é efetuada uma anestesia local na região em que será colocado o implante. A confecção da prótese acontece em 72 horas, ou seja, o tratamento é finalizado em 3 dias aproximadamente.



Waldiney Melo

Título: Implante dental

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

680 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • vilson lino lopesvilson lino lopes

    02-01-2012 às 05:57:19

    quem tem dentes bonitos,tem mais alecria e oportunidade na vida,com implante dentário o mundo la fora fica mais facio conquista-lo,que pena que tudo isto não passa de um sonho para mim,mas um dia irei acordar e tão verei que este dia amanheceu sorindo prá mim...

    ¬ Responder

Comentários - Implante dental

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios