Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Falando sobre o vilão "Colesterol"

Falando sobre o vilão "Colesterol"

Categoria: Saúde
Falando sobre o vilão "Colesterol"

Anualmente eu faço exames de rotina para checar se minha saúde está ok e garanto a vocês: não há nada melhor do que ter certeza que você está bem. Mas, neste ano, os exames apontaram colesterol alto. Logo, muitas perguntas começaram a me atormentar: o que é colesterol? O que eu fiz para que ele estivesse acima do desejado? Quais são as consequências disso? Tem cura?

Meu médico me acalmou e esclareceu todas as minhas dúvidas. Como sei que muitas pessoas também sofrem com colesterol alto, quero dividir com vocês tudo o que aprendi.
O que é colesterol?

Colesterol é um tipo de gordura (lipídio), responsável pela produção de vitaminas, hormônios e ácidos biliares, que pode ser encontrada em alimentos de origem animal como carnes, ovos e leite.

Existem dois tipos de colesterol presentes em nosso organismo: o LDL, popularmente conhecido como o “colesterol ruim” que se encontrado em excesso no sangue pode provocar o entupimento de artérias e o HDL, conhecido como o “colesterol bom”, que expulsa o excesso de colesterol ruim das artérias impedindo a formação de placas de gordura e entupimento das vias.

Quando estamos com o colesterol alto, isso significa que o colesterol total presente no nosso sangue está acima de 200mg/dL. Fique atento: os níveis ideais de LDL (ruim) é abaixo de 130 mg/dL de sangue e de HDL (bom) acima de 35mg/dL de sangue.

Consequências do colesterol alto

O excesso de gordura no sangue pode causar sérios problemas cardiovasculares como entupimento de artérias que levam ao infarto e doenças como aterosclerose.

Mantendo as taxas de colesterol em níveis ideais
O nível de colesterol ruim pode se elevar devido a diversos fatores, dentre eles: tendências genéticas ou hereditárias, ausência de atividade física e obesidade. Mas, na maioria dos casos, a alimentação incorreta é o principal vilão da história.

A ingestão diária de colesterol recomendada é inferior a 300 mg. Para seguir o recomendado é necessário evitar o consumo de alimentos ricos em colesterol como a carne vermelha, manteiga, leite integral, queijos, ovos, sorvete, creme de leite, bacon, camarão e frituras.

Além de manter uma dieta saudável é preciso praticar exercícios físicos regularmente, não deixar o estresse dominar o seu dia a dia e não fumar.
Dicas para baixar o colesterol ruim
Outras táticas para baixar o colesterol ruim são:
-beber diariamente suco de berinjela
-tomar chá preto
-comer uma colher de aveia ou granola por dia

Casos de sucesso

Há 2 anos, Thamires Amaral (nome fictício) detectou nível de colesterol elevado e resolveu seguir a risca as recomendações médica. Passou a fazer 6 refeições diárias que davam preferência para alimentos de origem vegetal como verduras, legumes, frutas e grãos, começou a caminhar pelo menos 3 vezes por semana e parou de fumar. Dentro de alguns meses o nível de colesterol voltou ao normal. Ela não precisou usar remédios, mas em alguns casos o uso de medicamentos prescritos pelo médico é imprescindível para regularizar o colesterol.

Espero que vocês tenham gostado das dicas e informações. Que Deus abençoe á todos.


Rosangela Micai

Título: Falando sobre o vilão "Colesterol"

Autor: Rosangela Micai (todos os textos)

Visitas: 0

605 

Comentários - Falando sobre o vilão "Colesterol"

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios