Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Dieta Para Diabéticos

Dieta Para Diabéticos

Categoria: Saúde
Dieta Para Diabéticos

Muita gente é pega de surpresa com o diagnóstico de diabetes, mas a enfermidade está longe de impedir o portador de ter uma vida saudável.

Muitas pessoas dizem que a diabetes impede a pessoa de se alimentar ou cortam tudo o que tem carboidrato, como arroz, batata, os grãos do feijão, o pão e muitos outros. Até mesmo alguns enfermeiros chegam a dizer isso, mas acredite, isso é puro mito.

Nenhuma pessoa pode cortar completamente uma proteína, vitamina ou mineral da alimentação, pois isso deixará o organismo fragilizado e ao invés de ajudar na melhoria de um problema, acaba desencadeando uma série de outros imprevistos.

O ideal para o diabético, é se alimentar mais vezes ao dia, porém em pequenas quantidades. Assim, ele se mantem alimentado sem sentir falta de determinadas comidas do qual estava acostumado.

Quanto aos carboidratos e conforme já mencionei, nunca os corte por completo, apenas ingira a dose certa. Uma refeição com um pouco de arroz, alguns pedaços de batatas e salada é uma refeição excelente.

O diabético pode comer massas, mas assim como quem está de regime, esta deve ser comida com moderação e apenas uma vez por semana, pois é um alimento rico em diversos de nutrientes que acabam se transformando em açúcar no organismo.

Ingira muitas verduras, as mais escuras são as melhores para controlar a glicemia naturalmente. Legumes e vegetais são bem vindos. Entretanto, dependendo do seu tipo de diabetes, existe alguns alimentos ricos em açúcar que devem ser consumidos com moderação, por isso sempre tire as dúvidas com seu médico. Ele é o melhor para lhe informar corretamente, pois conta com seu prontuário e sabe do seu histórico de tratamento.

Sucos, só se for natural e sempre com adoçante. Procure adquirir os adoçantes de sacralose que quase não parecem adoçantes e não tem gosto amargo que a maioria deles possuem. O preço é quase o mesmo que o adoçante tradicional, então vale a pena investir.

Diabéticos podem tomar refrigerantes de vez em quando, ou seja, uma vez ou outra. Refrigerante pode ser uma delícia, mas não é saudável para nenhuma pessoa, seja ela portadora de diabetes ou não. Quando optar em variar o seu menu de bebidas, procure as marcas do tipo Diet. Não confunda diet com light, onde a segunda opção possui açúcar, apenas conta com baixo teor de calorias para quem não quer engordar.

Nada de álcool. É bom para seu corpo e para seu tratamento, pois não pode tomar remédio e ingerir bebida alcoólica durante o tratamento. Existem champanhes, vinhos e cervejas sem álcool no mercado, experimente algum deles quando decidir fazer alguma comemoração. Em casas especializadas em bebidas, que possuem mais opções de marcas, existem também algumas versões diet.

Doces, só se forem feitos com adoçantes e preferencialmente outros ingredientes diet. Note que bolos e demais sobremesas diet possuem um preço maior que os comuns, isso se dá pelo alto preço dos produtos tratados para retirar o açúcar. Caso não aguente e queira "extravasar" uma vez por mês, coma uma pequena quantidade só para matar a vontade e siga com sua dieta. Alguns casos de diabetes não há uma elevação considerável de glicemia no sangue após a ingestão de determinados alimentos, mas a maioria das pessoas possuem alta elevação, portanto, vigie sua alimentação e não deixe de consultar seu médico.

Para finalizar, ingira chás. Eles são naturais e não possuem contra indicações. Ao menos que você seja alérgico à alguma erva em especifico, pode tomar a vontade. Chá de camomila e chá verde são ótimas opções. Adquira as caixinhas com os sachês fechados, pois as ervas soltas dão mais trabalho para fazer e podem ficar fortes demais, com gosto amargo. Bom, tudo depende do seu gosto e disposição para preparar.

Consulte seu médico regularmente, se alimente igualmente bem e seja feliz! :)


Syl Polanski

Título: Dieta Para Diabéticos

Autor: Syl Polanski (todos os textos)

Visitas: 0

438 

Comentários - Dieta Para Diabéticos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios