Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Dicas de como tratar as alergias na pele

Dicas de como tratar as alergias na pele

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Comentários: 2
Dicas de como tratar as alergias na pele

A alergia cutânea pode ser considerada um tipo bem menos grave quando comparada a outros tipos de alergia, mas, isso não torna seu tratamento mais fácil ou menos importante. E muitas vezes, o mal-estar intenso causado pela coceira incessante e o comprometimento estético da pessoa, pode ser tão frustrante quanto qualquer outra forma de alergia. Então, saiba mais e vaja dicas de como tratar as alergias na pele.

Como as alergias se manifestam? De forma geral, o termo utilizado para se referir a uma alergia na pele é dermatite atópica. A palavra “dermatite” significa inflamação cutânea, e o termo “atópica” significa que não ocorre em um local definido, ou seja, pode aparecer em qualquer área do corpo.

Geralmente as pessoas acham que a alergia pode ser provocada por algo que se encostou à pele, mas nem sempre é assim. Saiba que existe um tipo de dermatite, conhecido como dermatite alérgica de contato, em que o organismo exibe uma reação imunológica sistêmica contra algum alérgeno que se encontra em certa substância que entrou em contato direto com a pele. Mas, esse tipo de alergia não é a mais frequente. ~

A dermatite atópica é mais comum, e costuma ser uma manifestação externa devido ao contato com um fator alergênico interno, ou seja, pode ser provocada pela ingestão de um alimento ou pela inalação de alguma coisa.

Tratamento para as alergias de pele – O tratamento definitivo para as alergias é feito evitando-se o contato ou ingestão do elemento responsável por desencadear os sintomas da alergia. Mas, nem todas às vezes isso é possível, por isso existem algumas medidas que ajudam a minimizar o tempo de duração dos sintomas e reduz os incômodos causados. Confira:
- A lesão cutânea, chamada de eczema, pode ser tratada com corticoide tópico não fluorado, pois ele ajuda a parar a resposta imunológica do organismo e mantem a alergia sob controle. Mas lembre-se é este tipo de medicamento somente pode ser receitado pelo médico.
- Não passe cremes ou loções sobre as áreas afetadas, somente se estes forem indicados por um médico.
- Tente usar mais roupas largas e de tecidos leves, que deixam a pele respirar e facilitam a evaporação do suor.
- O suor é um fator que pode piorar o eczema, por isso, tomar banhos regulares pode ajuda a melhorar a situação.
- Não coce a pele, pois a laceração cutânea facilita a infeção por microrganismos patogênicos.
- E por último, o principal fator responsável pelo surgimento de problemas cutâneos é o estresse, por isso, tente evitá-lo.

Por fim, além de seguir essas dicas simples, se notar algum tipo de sintoma alérgico na pele procure a orientação de um médico. Somente este profissional poderá indicar a melhor forma de tratar o seu problema.


Rua Direita

Título: Dicas de como tratar as alergias na pele

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

765 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • ale

    29-12-2012 às 16:50:10

    Estou com um processo alergivo ja fazem uns 5 meses...nao se sabe do que:Minha palpebra fica inchada...coca muito ao redor dos olhos,e a parte do peito fica grossa e coca tbem...sao os lugares mais atacados...estou deseperada pois meus olhos incham e ficam vermelhos....oque faco por favor alguem me ajuda?

    ¬ Responder
  • Elenita

    23-10-2012 às 02:17:52

    hà uns três dias sinto cosseira por todo o corpo, oque devo fazer?.

    ¬ Responder

Comentários - Dicas de como tratar as alergias na pele

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios