Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Depressão pós-parto

Depressão pós-parto

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Depressão pós-parto

A depressão pós-parto ocorre a uma em cada sete mulheres e dá-se após um mês da mulher dar a luz, com uma imensidão de tristeza e choro, desmotivação, desapego pelo recém-nascido e noites mal dormidas, irritabilidade, baixa autoestima devido às transformações físicas, solidão, entre muitos outros sintomas.

As alterações hormonais aparecem antes de dar a luz, notando-se uma possível depressão tornando-se pior após o parto. Esta patologia pode ser prevenida antes do parto por enfermeiros especialistas em saúde materna .

Existe ainda a psicose pós-parto que acontece em mil partos, cinco com esta doença. Para além de ser rara, é bastante grave devido a pessoa sofrer de alucinações, viver num mundo a parte, humor descontrolado, comportamentos violentos e estranhos, levando muitas das vezes ao internamento psiquiátrico.

Aparentemente pode ser uma ansiedade passageira, devido às transformações físicas das mulheres após a gravidez, no entanto pode também sentir tristeza e passar para uma depressão grave.

Deve ser consultada imediatamente por um médico especializado, para que não exista consequências. Na maioria das vezes, as mães não aceitam que estão doentes e depressivas, recusando o respetivo tratamento e ida ao médico, devendo conformar-se que realmente não estão no seu perfeito estado. Pode-se tornar penoso o clima familiar no lar perante as situações da depressão com o parceiro e familiares diretos.

O tratamento pode-se tornar doloroso, uma vez que terá que tomar medicamentos antidepressivos, para que volte á pessoa que era, transferindo para o leite maternal as substâncias do medicamento e para que não haja qualquer contacto com a criança, deve de substituir o leite maternal por um leite semelhante e adequado. Um tratamento de depressão pode demorar entre os seis e doze meses. No entanto tem vários picos ao longo dos primeiros seis meses.

O parceiro conjugal e família direta, devem estar presentes perante a recém-mãe, para que esta não se sinta só nem abandonada por aqueles que a rodeiam. Deve aceitar o que esta diz e suas opiniões, tentando contornar as ideias de forma a conseguir a flexibilidade da respetiva mulher, sem criticar nem dramatizar as ações desta, encorajando o tratamento e cuidados com filho e seu bem-estar, ajudando nas tarefas diárias.


Sandra Mendes

Título: Depressão pós-parto

Autor: Sandra Mendes (todos os textos)

Visitas: 0

604 

Comentários - Depressão pós-parto

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios