Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Células Estaminais – Assegurar o futuro?

Células Estaminais – Assegurar o futuro?

Categoria: Saúde
Células Estaminais – Assegurar o futuro?

Muito se tem ouvido falar na preservação das células estaminais colhidas do sangue do cordão umbilical, ma altura do nascimento. Muita informação tem vindo a público, mas mantêm-se sempre algumas dúvidas, pelo que esperamos esclarecer algumas.

Será ou não a melhor opção a preservação das células? Quem o faz? Qual é o processo? Quanto pode custar? Durante quanto tempo podem estas células ser preservadas? São muita a questão que aqui poderá ver esclarecidas.

Antes de mais, diz os protocolos que devemos esclarecer o que são as células estaminais. Como sabe, todo o nosso organismo é composto por células, tendo cada uma, a sua determinada função. Como têm um património genético as diferenças entre elas são muitas e mais ainda de indivíduo para indivíduo. Como não se conseguem criar em laboratório de forma igual, a preservação e congelamento das nossas próprias células, faz com que estejam asseguradas substituições no futuro. Se existir a necessidade de se substituir células mortas por células positivas, não é necessária a espera por um doador compatível, pois existem guardadas as benditas células.

Estas células também existem na nossa medula, pelo que cada um de nós é um potencial dador de medula para salvar uma vida. Se e quando for necessário receber um transplante de células estaminais, todas as células cancerígenas ou mortas no organismo, deverão ser mortas, para finalmente receber as novas.

As células estaminais do cordão umbilical são retiradas pela equipa do hospital onde é feito o parto. A recolha é totalmente indolor, tanto para a mãe como para o bebé. Os técnicos, fazem a recolha, mas o seu trabalho termina nesse exacto momento. As células são então enviadas para bancos, onde são cuidadosamente guardadas.

O processo começa cerca de 2 meses antes do parto. Deve solicitar ao banco o kit de recolha e transporte para o laboratório. Este serviço custa cerca de 120€. Já no laboratório, o valor de preservação e congelamento é de cerca 900€. Mesmo que não se consiga preservar as células, o valor tem sempre que ser pago ao banco / clínica.

As células podem ser guardadas durante cerca de 18 a 20 anos, não se conseguindo ainda ter a certeza que daqui por 20 anos, as células estejam com a mesma qualidade que à nascença.

Guardar as células estaminais pode ser o salvar de uma vida. Mesmo que não seja utilizada na criança (mesmo que passados os 18 anos), pode ser utilizado num outro familiar cuja compatibilidade seja positiva, como por exemplo um outro filho do mesmo casal.


Carla Horta

Título: Células Estaminais – Assegurar o futuro?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

667 

Imagem por: woodleywonderworks

Comentários - Células Estaminais – Assegurar o futuro?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: woodleywonderworks

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios