Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Azia? Conheça-a melhor e ‘trate-lhe da saúde!’

Azia? Conheça-a melhor e ‘trate-lhe da saúde!’

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 2
Azia? Conheça-a melhor e ‘trate-lhe da saúde!’

A azia é sentida por vezes por detrás do esterno, muito próximo da área onde se situa o coração. Por vezes, o médico necessita de recorrer ao seu equipamento para decifrar se setrata de azia ou problema coronário (normalmente um ataque cardíaco). Uma dor invulgar perto do coração ou uma dor forte acompanhada de náuseas, vómitos, fraqueza, falta de ar ou desmaio e transpiração pode ser sinal de ataque cardíaco.

Então, o melhor é conhecer bem a azia. Os sucos gástricos são intragáveis. Ele compreende uma mistura de ácidos, enzimas e outras substâncias químicas que ajudam a dissolver os alimentos ingeridos. Essa mistura ácida deve manter-se no estômago para auxiliar a digestão. Ao mesmo tempo, uma camada protetora de muco impede que o estômago sofra com a presença dessa acidez. Se tudo correr bem, não sentirá nada de anormal. O problema é quando esse suco escapa para o esófago, que é o tubo que liga a boca ao estômago. Se esse suco permanecer muito tempo no esófago vai queimar o seu revestimento e provocar dor ou sensação de ardor.

Para aliviar este ‘ardor’, deve recorrer a anti-ácidos. Tome bloqueadores histamínicos, que evitam que o estômago produza ácido. Se os osintomas persistirem ou agravarem consulte um médico. Todavia, as mulheres grávidas, as crianças e as pessoas com úlceras ou problemas renais não devem nunca tomar uma atitude sem consultar previamente o médico.

As algas, quando misturadas com os ingrdientes habituais das sopas, saladas ou outros pratos elaborados, isolam o ácido gástrico que provoca a sensação de ardor.

Se for um potencial sofredor de azia, evite a ingestão de bebidas alcoólicas ou gaseificadas, chocolate e café (incluem-se as bebidas com cafeína), todos os citrinos (são muito ácidos), alimentos com elevado teor de gordura, alho e cebola, hortelã, alimentos picantes , tomate e o leite gordo e seus derivados.

Ajude-se a si próprio neste tratamento. Faça refeições mais pequenas e mais frequentes, beba água regularmente e às refeições, evite esforços físicos, não se deite imediatamente após as refeições, faça uma caminhada noturna depois do jantar, mastigue uma pastilha elástica (a saliva que se produz irá ajudar a revestir e proteger o estômago) e, caso seja fumador, deixe de fumar (o tabaco seca a boca, inibe a salivação e, por isso, não contribui em nada para a proteção do seu estômago).


Rua Direita

Título: Azia? Conheça-a melhor e ‘trate-lhe da saúde!’

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 2

613 

Comentários - Azia? Conheça-a melhor e ‘trate-lhe da saúde!’

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios