Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Aprenda a combater a obesidade

Aprenda a combater a obesidade

Categoria: Saúde
Visitas: 2
Comentários: 1
Aprenda a combater a obesidade

A obesidade é um mal cada vez mais disseminado; de tal modo que, muitas vezes, já não se lhe presta a devida atenção e, ou os cuidados não são tidos em conta, ou se encetam medidas drásticas para perder peso. Está-se diante de uma doença, ao contrário do que muita gente pensa. E não afecta somente a saúde física, mas também a mental, por questões de imagem e de inevitáveis limitações que o excesso de peso aporta. Há jovens obesos que, depois de darem dois passos, arfam tanto que mais parecem os avós…! Já para não dizer que não conseguem conter dentro da roupa a adiposidade abdominal, o que deve ser tudo menos confortável.

A questão é que o indivíduo esteja apto a separar a componente emocional da nutricional, procurando sentir-se amado e valorizado, independentemente do seu peso. Pode, inclusive, recorrer ao humor, respondendo a quem lhe mencionar as dimensões corporais que se trata de uns quilos a mais de boa pessoa. A auto-estima não deve ficar sequer beliscada pelas características do corpo! Por outro lado, é preciso dar início a um regime alimentar equilibrado e não a dietas malucas que pouco ou nenhum resultado apresentam no médio e longo prazos.

Um pequeno-almoço saudável é uma excelente forma de começar o dia. Um iogurte com uma peça de fruta e um pão integral torrado e guarnecido com azeite ou peito de peru e tomate pode ser um dos muitos menus possíveis. Se a primeira refeição do dia contiver proteínas, a fome não ataca ao longo da manhã.

Convém que os biscoitos, doces, batatas fritas e outras tentações deixem de estar sempre à mão para ir roendo. É saudável merendar a meio da manhã e da tarde, mas recorrendo a iogurtes magros, leite, sumos de fruta naturais, bolachas tipo Maria ou integrais, pão integral com acompanhamento pouco rico em gorduras e açúcares.

Os almoços e jantares, de preferência em casa, devem começar com uma sopa de legumes (ou uma peça de fruta antes, se o apetite for desmesurado), porque além das vitaminas e minerais ingeridos, preenche-se um espaço do estômago onde já não caberá grande quantidade do segundo prato, tendencialmente muito mais calórico. As saladas também não devem faltar.

Por outro lado, há que pôr de parte o sedentarismo. Os especialistas aconselham um mínimo de 30 minutos de exercício físico (moderado) por dia. Existem actividades desportivas no exterior, nem que seja uma caminhada com familiares ou amigos, que, fazendo bem ao organismo, também divertem e ajudam a reforçar os laços entre as pessoas, o que reduz o stress e a frustração, que motivam tanta gente a refugiar-se na comida.

Evite petiscar enquanto vê televisão: é a melhor maneira de comer impulsivamente! Da mesma forma, nunca utilize os alimentos como recompensa ou castigo por algo que fez ou não foi capaz de realizar. Foque-se nas suas qualidades e aptidões e não obceque com o seu peso, a fim de precaver distúrbios alimentares, como a anorexia ou a bulimia.

Desfrute dos alimentos saudáveis e do exercício, dando o exemplo aos mais pequenos, e siga as recomendações de um profissional de nutrição, se for caso disso.



Maria Bijóias

Título: Aprenda a combater a obesidade

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 2

670 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • ok, excelente suas dicasok, excelente suas dicas

    25-08-2011 às 18:59:45

    tenho uma amiga, que engordou 17k em 02 anos, quero ajudá-la a emagrecer, ela não tem tempo para academia, passa dia todo trabalho e anoite faz curso.

    ¬ Responder

Comentários - Aprenda a combater a obesidade

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios