Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Álcool bem e mal

Álcool bem e mal

Categoria: Saúde
Comentários: 1
Álcool bem e mal

Segundo o ditado tudo de mais é veneno, concordo plenamente. Mas o homem não se satisfaz apenas com um copo, e tudo gera em torno da bebida. Realmente se todos concordassem em beber apenas um copo, tudo seria bem diferente. Pois a ciência comprova que pequenas doses de bebida alcoólica podem proteger o coração e livrar o fígado do acúmulo de gordura, porém sempre tem uns goles a mais, e isso tem sido um mal continuo, que vem lançando as pessoas ao abismo. O álcool leva muito as pessoas a se tornar dependente, e isso são o que causa a destruição, desde os primórdios, a álcool tornou-se um fiel companheiro do homem, tento na alegria como na tristeza, e com isso o homem percebeu que, alguns goles a mais os deixam nas nuvens. E com isso, o homem vai se afogando cada vez mais na bebida e facilmente o leva a ruína.

Como você deve saber, se você encher seu organismo de bebida não lhe traz bem, mas também, sabemos que ter certo limite pode ser bom a saúde, mas nem mesmo os médicos fazem ponderação quanto ao limite certo, pois eles acham arriscado afirmar certa quantidade, pois isso não é valido para todas as pessoas, cada um reage de um jeito a bebida, isso depende do peso e de sua capacidade ao ingerir o álcool. Sendo assim não existe um claro conceito do que é beber com moderação.

Cada pessoa deve saber aquilo que lhe convém, baseado na sua própria experiência, o que realmente lhe faz mal. Mas a sua própria vida ensina o seu limite de álcool, mas saiba que isso não quer dizer, que você tem que parar apenas quando a tontura chegar, ou o êxtase anunciar. Mas não fique tentando desculpas em dizer e se alguém importante me pedir para acompanhá-lo em um copo de uísque todas as noites, e com isso eu já estaria incluído nos dependentes? Saiba que ainda não, mas isso com certeza ira levá-lo a ficar dependente, e com certeza entrará no grupo de risco. Com o tempo abandonara a família, o trabalho, outros prazeres, e sua vida será álcool x álcool. Será uma reviravolta em sua vida, principalmente para aqueles que te considera e sabe de sua capacidade.

Qualquer pessoa que exagera nos finais de semana, pode descobrir um inimigo nos copos ilimitados. Isso pode levar a episódios constrangedores como, brigas, desmoralização e até mesmo acidentes de trânsitos, o álcool pode trazer uma série de doenças, como dor de cabeça que aparece durante a ressaca, os efeitos do abuso diário ao longo prazo, resulta em despertar o cérebro de pedir cada vez mais a bebida, e com o tempo o exagero provoca a morte dos neurônios, prejudica o equilíbrio, os movimentos, a memória e o raciocínio. Saiba que, o consumo desenfreado da bebida esta ligado ao aparecimento de tumores, na boca, garganta, faringe, laringe e estômago que gera um câncer. Se uma taça de vinho ajuda o fígado a emagrecer, uma garrafa todos os dias deixa a glândula vulnerável à cirrose. O excesso do álcool destrói as células, gerando inflamação e com o tempo, o fígado vai à falência. Portanto os riscos são muito maiores do que o benefício.

Waldiney Melo

Título: Álcool bem e mal

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

630 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFabiana Medeiros

    01-07-2009 às 03:19:24

    essa materia realmente me deixou muito feliz, tenho um quadro parecido em minha família. e isso pode ajudar a muitos.

    ¬ Responder

Comentários - Álcool bem e mal

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Habitação – Evolução qualidade/Preço

Ler próximo texto...

Tema: Alojamento
Habitação – Evolução qualidade/Preço\"Rua
Hoje vivemos dias muito complicados do ponto de vista económico, uma vez que a nossa sociedade moderna consumista tem acarretado para as famílias a triste ideia de que temos que possuir tudo o que existe para ser possuído.

Relativamente ao assunto especifico da habitação, com o passar dos tempos, as pessoas têm adquirido as suas casas em função do que há no mercado, e este mercado tem evoluído de uma forma perigosa em termos de custos; o que quero dizer com isto, é que há vinte anos atrás, encontrávamos apartamentos no mercado, e tenho por base um apartamento T3 que tinha 3 quartos conforme a tipologia descrita, naquele tempo uma cada de banho, uma sala de estar/jantar conjunta e talvez uma varanda, hoje o mesmo apartamento terá os três quartos, a sala, duas casas de banho das quais uma poderá estar num dos quartos a que passou a chamar-se suite, este apartamento hoje, tem forçosamente que ter pré instalação para aquecimento central, lareira com recuperador de calor, e muito provavelmente aspiração central, ou pelo menos a pré instalação… Assim, quem compra um apartamento hoje, apesar das dimensões de cada divisão estarem diminuídas, o preço foi muito incrementado pelos extras, e depois há ainda que adquirir uma caldeira para fazer funcionar a tal pré-instalação de aquecimento central, os radiadores porque sem eles o dito não funciona, naturalmente o trabalho do técnico… há ainda que adquirir em muitos casos o aspirador propriamente dito para fazer funcionar a aspiração central, e algumas coisas mais, acessórios dos quais, antes não tínhamos necessidade.

Não quero dizer com isto, que estes equipamentos não são úteis, são, mas e aquelas pessoas que compraram os seus apartamentos há uns tempos, cujos espaços não dispunham destas “modernices” como viveram? Como vivem hoje? Provavelmente aqueles que tiveram disponibilidade económica para isso, colocaram nas suas habitações, aquilo que julgaram necessário, não colocaram aquilo que não lhes é útil de todo, por outro lado aqueles que não tiveram disponibilidade económica vivem sem os equipamentos em questão, ou colocam um equipamento à dimensão das suas possibilidades. O real problema é que os referidos equipamentos valorizaram muito mais as habitações em termos de preço de compra do que o valor real dos mesmos, e as pessoas, estão apagar vinte ou trinta anos, para não dizer mais, um bom valor acima do que pagariam sem estas coisas, além disso comprariam aquilo que quisessem e pudessem.

Para além do exposto, a qualidade de construção e acabamentos não melhorou, antes pelo contrário. Hoje o valor das casas está a decair rapidamente, e as pessoas em geral vivem em casas cujos valores atuais de mercado são muito inferiores ao que estarão a pagar durante muito tempo…

Naturalmente o mercado poderá mudar, mas não é esse o caminho que parece seguir.

Pesquisar mais textos:

Ana Sebastião

Título:Habitação – Evolução qualidade/Preço

Autor:Ana Sebastião(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    21-04-2014 às 17:09:01

    A compra seja de apartamento ou casa estão mais caras e nem sempre oferecem serviços como mostram na divulgação. Não é bom financiar, pois custará o dobro. Realmente, o melhor a fazer é buscar preços que têm condições de pagar ou aderir a um consórcio.

    ¬ Responder
  • Sofia Nunes 13-09-2012 às 17:07:44

    Na minha opinião e de acordo com o que tenho observado, a relação qualidade/preço das habitações está a melhorar. E isso não é necessariamente bom, uma vez que é resultado da crise económica. Como refere, o valor das casas está a descer, pelo que se pode comprar uma vivenda pelo preço que há uns anos era de um apartamento. O problema é que, apesar de as casas estarem mais baratas, os compradores não têm dinheiro.

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios