Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > A Sáude e o.... S***

A Sáude e o.... S***

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
A Sáude e o.... S***

s..., s..., s...… O nome diz tudo. Em qualquer idade, com o mesmo s... ou com o s... contrário, em qualquer local, posição, hora, disposição. O s... é bom. Ponto. Praticado com cabeça e coração, o s... é saudável a todos e quaisquer níveis.

Um ato sexual com entrega de ambas as partes trás autoestima, sentimo-nos amados, desejados, queridos. Desejarmos e sermos desejados é indiscutível e o momento da conquista e da antecipação traduz-se muitas vezes no adivinhar do prazer que se segue. Mas se todos temos consciência de que o s... faz bem, porque é que realmente o faz e ao que é que faz bem afinal?

Já pensou no exercício físico que faz durante um ato sexual? Fisicamente é super saudável. Um ato sexual pode queimar cerca de 100 calorias, o equivalente a uma pequena corrida de 5 minutos. Tal como numa corrida, o s... acelera o ritmo cardíaco e estudos comprovam que a atividade sexual frequente previne e ajuda em muitos problemas cardíacos. Um médico escocês conseguiu provar há uns anos que duas atividades sexuais por semana previnem em dobro o risco de doenças cardiovasculares.

Também o ritmo respiratório é aumentado, a circulação sanguínea melhora e os níveis de colesterol baixam. Os músculos fortificados e a flexibilidade do corpo ficam no seu melhor.

A Endorfina e a serotonina são libertadas no ato sexual que consequentemente tem poderes extraordinários. Cura dores e cólicas menstruais e artrites. O papel da endorfina é fundamental para combater ansiedade, stress e efeitos negativos da mente.

Psicologicamente o s... faz milagres. A descompressão sexual cria bem-estar, aumenta a autoestima, tudo porque nos sentimos desejados.

Também o s... melhora o sistema imunitário. Osteoporose e doenças renais também são prevenidas com s..., tal como doenças de próstata. Se está constipado, bem-vindo ao melhor remédio. Com níveis de estrogénio e testosterona em alta, as constipações fogem.

Quando prepara ou pensa num ato sexual também está a exercitar a mente. Ainda não tinha pensado nisto? Pois é verdade. O facto de pensar, estudar e preparar um encontro sexual produz fantasias e sonhos o que exercita mentalmente. O s... cura dores de cabeça, pelo que se alguma vez utilizar esta desculpa, pense que a sua cara-metade pode ter lido as informações acima descritas. O s... é bom, e todos temos muitas certezas relativamente a isso, por isso pratique. Deseje, sinta-se desejado, amado e feliz. Faça s...… Pela sua saúde


Carla Horta

Título: A Sáude e o.... S***

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

Comentários - A Sáude e o.... S***

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios