Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > A Energia Vital- Chacras

A Energia Vital- Chacras

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 4
A Energia Vital- Chacras

A palavra Chacra significa roda, centro ou plexo. Nos últimos anos, esta tem sido uma palavra que se tornou cada vez mais corrente no vocabulário do nosso dia-a-dia enquanto sociedade, quer seja totalmente entendida como conceito, ou não.

São centros de energia através dos quais fluem todas as formas de vibração com que os homens contactam.

Existem sete chacras básicos e outros povoam ainda o nosso corpo, sendo estes secundários e dependem dos sete principais.




São os principais ou básicos que regulam as nossas energias, tal como o bem-estar fisico, emociona, mental ou espiritual.

Eles estão dispostos desde a base da coluna até ao alto da cabeça e cada um corresponde a uma das sete glândulas do corpo humano.

Cada um deles está associado a determinadas funções, que estão ligadas aos estados do corpo ou da mente.

A energia vital ou prana deve fluir para cima, ou seja por intermédio do sistema endócrino. Mas, se um desses chacras diminui a velocidade de rotação do fluxo de energia, esta fica bloqueada e consequentemente aparecem as doenças.

A energia que alimenta os chacras provém de diversas fontes, sendo uma delas, a Kundalini ou energia evolutiva.

Porêm, esta é a energia básica e individual. Todos nós nascemos com ela já activa. E, a quantidade dessa energia que gastamos, vai determinar a maior ou menor inteligência de cada um.

Podemos receber a energia de outras pessoas, dando-nos assim, sensações de bem-estar, ou pelo contrário de uma forma pesada ou negativa, quase imposta.
Por vezes pode dar-nos a sensação de que somos sugados e sentimo-nos fracos e em desequilíbrio.

Ou ainda podemo-nos sentir bombardeados com a energia que nos enviam, ou de algumas pessoas.

Vivemos mergulhados de energias, provenientes de todos os seres vivos, que podem fluir para dentro de nós através dos chacras.

Os que não são ainda desenvolvidos espiritualmente, assimilam muita energia e não a gastam, por isso tendem a sugar a energia dos mais evoluídos.

Devemos pois ter muito cuidado com as pessoas que nos rodeiam.

O primeiro chacra situa-se na base da espinha dorsal e quando enfraquece indica distúrbios ou disfunções sexuais. Por outro lado se o chacra estiver energizado em demasia, revela as hormonas da sexualidade exarcebada, podendo indicar um tumor no local.

O segundo chacra está situado abaixo do umbigo e é responsável pela energização geral do organismo. É por aqui que entram as energias cósmicas que são distribuidas pelo corpo físico. É o centro da criatividade, da prosperidade e da compreensão.

O terceiro chacra , situa-se na regiã do plexo solar ou umbigo e está ligado às emoções.
O quarto chacra está situado na direcção do coração e relaciona-se com o timo e o coração. A sua energia corresponde ao amor e á devoção, como formas subtis e elevadas de emoção. Quando ele está com baixa energia significa que há necessidade de libertar o egóismo e cultivar o amor ao próximo. Pode ainda indicar doenças cardíacas.

O quinto chacra está situado na frente da garganta e ligado à tiróide. Está ligado á comunicação, capacidade mental e discernimento. Quando apresenta baixa energia indica doença da tiróide e fragilidades físicas, psíquicas ou mentais.

O sexto chacra está situado entre as sobrancelhas. É conhecido cmo o terceiro olho e está ligado á capacidade intuitiva e á percepçã subtil. Quando enfraquecido revela problemas com tumores no cérebro. O seu inverso revela intuição.

O sétimo chacra siua-se no alto da cabeça e relaciona-se com o padrão energético da pessoa. É representado na tradição indiana por uma flor de lótus de mil pétalas violeta.Está ligado ás energias espirituais, de ordem divina.

Além destes ainda possuímos mais de noventa mil chacras , onde as energias de diferentes campos circulam de uma forma centrífuga pulsando de maneira rítmica. É por isso que o seu conjunto parece uma flor, cujas pétalas estão em harmonia.São estes centros que distribuem a energia para os corpos subtis e físico.

Quando há uma falha na distribuição energética , a circulação de energia bloqueia e gera doença e disfunção.

Quando os chacras estão harmonizados circulam no sentido dos ponteiros do relógio. O seu inverso produz o movimento contrário aos sentido dos ponteiros. Logo o ideal é equilibrar-mos os chacras fazendo recurso de um bom terapeuta.


Teresa Maria Batista Gil

Título: A Energia Vital- Chacras

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 4

714 

Comentários - A Energia Vital- Chacras

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios