Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > 10 Regras Da Alimentação Saudável Lançado Pelo Ministerio Da Saúde

10 Regras Da Alimentação Saudável Lançado Pelo Ministerio Da Saúde

Categoria: Saúde
10 Regras Da Alimentação Saudável Lançado Pelo Ministerio Da Saúde

Com o objetivo de combater a obesidade e o avanço das doenças crônicas no Brasil, o Ministério da Saúde lançou, nesta quarta-feira, a nova Guia Alimentar para a População Brasileira.

A publicação aponta caminhos para se alcançar uma DIETA saudável: deve-se priorizar alimentos frescos e minimamente processados, além de limitar o consumo dos processados e evitar os ultraprocessados.

De acordo com o texto, alimentos processados devem ser utilizados, preferencialmente, apenas como ingredientes ou parte de refeições.

— Ao longo dos anos, o consumo regular de industrializados pode levar a doenças como DIABETES e hipertensão — alerta o nutricionista esportivo e funcional Rafael Góes.

A guia não traz recomendações de porções a serem ingeridas. Em vez disso, incentiva a adoção de comportamentos saudáveis relacionados à alimentação, como envolver a família e os amigos no preparo da comida.

— Cozinhar trabalha o paladar e o tato. O compartilhamento das habilidades culinárias favorece a adesão à DIETA equilibrada — completa.

O Ministério da Saúde ressalta que a guia não proíbe o consumo de qualquer alimento, e busca apenas indicar o que deve ser priorizado.

— O segredo da saúde e, consequentemente, da estética, é o equilíbrio — diz Góes, lembrando que moderação é a palavra de ordem.

Sessenta mil cópias da guia alimentar serão entregues em unidades de saúde e escolas. Será disponibilizada ainda uma versão para download no site do ministério

Regras para comer melhor:

1) Faça de alimentos in natura ou minimamente processados a base de sua alimentação;

2) Dê preferencia quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora;

3) Coma com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e sempre que possível em companhia;

4) Planeje o uso do tempo para dar a alimentação o espaço que ela merece;

5) Faça compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou minimamente processados;

6) Desenvolva, exercite e partilhe habilidades culinárias;

7) Utilize óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos ou criar preparações culinárias;

8) Seja critico quanto as informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas comerciais;

9) Evite consumo de alimentos ultraprocessados;

10) Limite o consumo de alimentos processados.

CONHEÇA A CLASSIFICAÇÃO DOS ALIMENTOS
- Alimentos in natura: são partes de plantas ou de animais, como carnes, verduras, frutas e legumes.

- Processamento mínimo: alimentos minimamente processados passam apenas por processos como limpeza, moagem e pasteurização, que não agregam substâncias. Exemplos: arroz, feijão, lentilhas, cogumelos, farinha de mandioca e massas frescas.

- Alimentos processados: recebem adição de sal ou açúcar para se tornarem mais duráveis e atraentes, como conservas em salmoura, compotas de frutas, carnes salgadas e defumadas, queijos, sardinha e atum em lata e pães.

- Alimentos ultraprocessados: contêm pouco ou nenhum alimento inteiro e muitos aditivos, como corantes e conservantes. Exemplos: salsicha, biscoitos, sorvete, molhos prontos, misturas para bolo, macarrão instantâneo, refrigerantes e congelados.


Celso Junior Juniorcis

Título: 10 Regras Da Alimentação Saudável Lançado Pelo Ministerio Da Saúde

Autor: Celso Junior Juniorcis (todos os textos)

Visitas: 0

367 

Comentários - 10 Regras Da Alimentação Saudável Lançado Pelo Ministerio Da Saúde

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios