Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > O Amor Que Nunca Morre

O Amor Que Nunca Morre

Categoria: Relacionamentos
O Amor Que Nunca Morre

O amor jamais morre. Ele pode até muitas das vezes aparentar cansaço, mas sempre busca meios para se renovar porque nunca desisti de viver. Ele paira no mais profundo da alma blindando-se de tudo aquilo que mata os sentimentos bons.

Não confunda amor com paixão, nem sentimento com certeza. O amor valoriza. Quem ama cuida para toda a eternidade. O que morre é a momentaneidade do sentimento. E por qual razão? A rotina! Não deixe que seu amor caia na rotina. Não busque sempre fazer as mesmas coisas, caso contrário seu amor não se renova!

Não aceite mistérios no seu relacionamento e muito menos falta de atenção. A mesmice esfria o amor até ele morrer. Mesmas palavras, mesmas coisas, mesmas horas, mesmos carinhos. Mude! Renove!

Falta alegria! Falta a novidade!


O fato de não ter mais nada para praticar de novo no relacionamento mostra o caminho para o fim do amor. Se não tem mais nada para fazer por que ele viverá? Muitas pessoas se acomodam, isto é, deixam de lutar pelo seu casamento, pelo seu namoro e sobretudo pelo seu amor. Buscam se concentrar em outras coisas, menos no amor. E muita das vezes essas coisas nada tem a ver com o relacionamento como aventuras com aqueles que só querem destruir a aliança.

Muitas ficam cegas pelo esfriamento amoroso e com isso tentam descobrir o amor em outros que estão perdidos, buscam uma paixão proibida, querem que o coração viva assustado batendo forte por uma emoção que logo passa. E quando se iludem perdem o sono, perdem a visão e perdem o seu amor puro! Isso não é amor! Isso é paixão! Cuidado!

Não é possível viver sem amor. Ou com amor que está morto.
Se você realmente ama alguém lute para despertar esse amor todos os dias de sua vida. Uma vez ou outra faça algo totalmente extraordinário que venha mudar o mundo de quem você tanto ama. Faça loucuras, compre flores, coloque um perfume cheiroso, enfim, busque fazer algo que vem agradar.

Não permita que o amor durma nem morra enquanto você está vivendo sem saber o que fazer para amar. Renove! Conquiste seu amor a cada dia! Acredite: renovar é uma tarefa mais difícil, mas vale a pena o esforço maior porque o amor não é qualquer coisa. Vale muito a pena!

"O amor está no valor que você dá na aliança feita no Altar."


Natanael Genoel

Título: O Amor Que Nunca Morre

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 0

477 

Comentários - O Amor Que Nunca Morre

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios