Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > Como fazer o relacionamento caminha bem

Como fazer o relacionamento caminha bem

Categoria: Relacionamentos
Como fazer o relacionamento caminha bem

Amar o outro não é o suficiente para que o relacionamento caminhe bem e seja o melhor possível. É preciso dedicação e esforço tanto do homem quanto da mulher para que o namoro ou casamento seja forte e dure por muitos anos.

A consultora, coach e especialista em comportamento humano da CrerSer Mais, Roselake Leiros, aponta as 10 principais características que os casais precisam ter e dicas para manter um relacionamento saudável e em harmonia.

Respeito

“É uma característica essencial para obter sucesso no relacionamento. As diferenças precisam ser respeitadas, sejam elas de gostos, personalidades, visões, objetivos pessoais, profissionais, entre outros. O interessante em um relacionamento é o ‘ganha X ganha’, ou seja, um acrescentando coisas positivas na vida do outro”.

Liberdade

“A liberdade, tanto pessoal quanto do casal, precisa ser preservada. Um tem que permitir ao outro o exercício de ter vontades próprias, afinal um relacionamento não é uma prisão. Porém, o excesso também pode prejudicar provocando o afastamento”. É preciso alcançar um equilíbrio nesse ponto.

Comunicação

“O entendimento é imprescindível. Se você possui dúvidas, esclareça-as com seu parceiro. Se cada um tem uma opinião é preciso uma conversa para entrar em um acordo. Nas brigas é sempre preciso o entendimento. A falta de comunicação é a maior inimiga dos amores”.

Admiração

“A admiração é o início de qualquer relacionamento. No momento da conquista, a admiração estética até pode prevalecer, mas posteriormente é importante que cada um continue a cultivar em si as melhores coisas e a focar os pontos bons de seu parceiro. Essa é a da estrutura do relacionamento”.

Ciúme

“Na medida certa pode ajudar a manter o relacionamento vivo e aquecido, porém os excessos podem ser fatais. É legal saber que o companheiro se importa, mas não é legal viver com desconfianças e acusações. Equilibre o ciúme e torne-o um aliado, um bom tempero”.

Companheirismo

“Relacionamento afetivo pressupõe a partilha da vida com o outro. É preciso compartilhar 100% dos problemas, conquistas, opiniões, sentimentos e desejos, e também apoiar as decisões, mesmo quando estas não correspondem com os seus pontos de vista”.

Responsabilidade

“Os dois têm responsabilidade de tudo. Hoje, vivemos em uma sociedade na qual homens e mulheres dividem o mesmo espaço e, desta forma, as responsabilidades com contas, deveres do lar, educação e cuidados dos filhos e administração dos bens devem ser divididas ou estabelecidas em conjunto”.

Objetivos

“O casal deve ter objetivos comuns, além dos pessoais. Planejar uma viagem, a compra de um imóvel, um carro, fazer um investimento, ter os filhos, a educação deles, entre outros. Esta prática provoca a união e torna o relacionamento mais forte e prazeroso com as conquistas comuns”.

Sexo

“Qualidade e quantidade são questões definidas pelo casal, mas a existência de uma vida sexual saudável e boa para os dois é de suma importância em um relacionamento”.

Amor

“É o que dá sentido à relação a dois. Os itens anteriores são importantes para cultivar, preservar e fortalecer o amor. Mantenha-o sempre a frente como um estandarte da relação”.


Poliana de Amorim

Título: Como fazer o relacionamento caminha bem

Autor: Poliana de Amorim (todos os textos)

Visitas: 0

257 

Comentários - Como fazer o relacionamento caminha bem

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios