Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > 7 Maneiras De Como Compreender Seu Parceiro

7 Maneiras De Como Compreender Seu Parceiro

Categoria: Relacionamentos
Visitas: 2
Comentários: 1
7 Maneiras De Como Compreender Seu Parceiro

Tem dificuldade para entender o seu parceiro? Temos uma lista com dicas para fazer seu relacionamento ficar bem sucedido.

Chaves para compreender o seu parceiro


As relações de casais são principalmente complicados porque eles são compostos de pessoas que, embora relacionadas, são diferentes e independentes em pensamentos e atitudes.

Compreender o outro quando ele não tem nada a ver com você não é uma tarefa fácil, exige esforço, e é essencial que os casais trabalhem isso com dedicação. Aqui você terá algumas dicas para entender o seu parceiro, deixando seu relacionamento muito melhor:

1 – Você precisa entender que, se você e seu parceiro querem formar um núcleo, é preciso aceitar que são indivíduos, sendo assim, não precisa concordar em tudo. Isso não é um pilar da família, você tem que entender que não compartilham todos os msmos pensamentos, ideias, opiniões, então, tem que haver o respeito;

2 - É necessário que o casal seja emocionalmente equilibrado. Você não só tem que se preocupar com isso, como também deve se esforçar para que chegue a um estado emocional saudável. Além disso, tente sempre incentivar o relacionamento com detalhes importantes e divertidos como mensagens picantes via WhatsApp;

3 - Você precisa estar ciente de que nenhum casal é perfeito! Uma vez que os dois começaram bem no início, com o passar do tempo as coisas vão mudando e você não pode se tornar um problema;

4 - Deve estabelecer metas em conjunto. Todo mundo vai ter uma ideia até onde vai essa relação. Isso é um problema muito comum que provoca falta de entendimento entre os casais. Discutir o que pretendem um com o outro e para onde a relação está indo, vai ajudar não errar e sofrer no futuro;

5 – Respeitar o espaço do outro é essencial. Sentir-se ignorado porque o parceiro também tem milhões de coisas a fazer é, por exemplo, um dos erros mais comuns que fazemos. Ele não tem que estar sempre disponível para você!!! Respeite-o e seja simpático;

6 – Entenda que seu parceiro não vai reagir aos mesmos problemas que você. Isso porque vocês não são a mesma pessoa – são opostos! Você pode até aconselhar, mas cada um possui as suas próprias decisões - não se esqueça;

7 - A confiança é o pilar do seu relacionamento. Um relacionamento em que a desconfiança é semeada é muito difícil ter sucesso e permanecer bem. Se você desconfiar de algo, qualquer coisa pequena o suficiente, diga a ele que pode falar e você verá que a sombra de desconfiança irá desaparecer.


Luene Zarco

Título: 7 Maneiras De Como Compreender Seu Parceiro

Autor: Luene Zarco (todos os textos)

Visitas: 2

537 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoXico

    14-07-2014 às 22:50:02

    Adorei e me ajudou, boas dicas

    ¬ Responder

Comentários - 7 Maneiras De Como Compreender Seu Parceiro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Superstições Náuticas

Ler próximo texto...

Tema: Barcos
Superstições Náuticas\"Rua
Todos temos as nossas manias e superstições. Não que se trate de comportamentos compulsivos, mas a realidade é que mesmo para quem diz que não liga nenhuma a estas coisas, as superstições acompanham-nos.

Passar por baixo de uma escada, deixar a tesoura, uma porta de um armário ou uma gaveta aberta ou até deixar os sapatos em posição oposta ao correcto, são das superstições mais comuns. As Sextas-feiras 13 também criam alguma confusão a muita gente, mas muitos são os que já festejam e brincam com a data.

Somos assim mesmo, supersticiosos, uns mais do que outros, mas é uma essência que carregamos, mesmo que de forma inconsciente.

Existem no entanto profissões que carregam mitos mais assustadores do que outros, e por exemplos muitos actores não entram em palco sem mandar um “miminho” uns aos outros.

Caso de superstição de marinheiro é dos mais sérios e se julga que se trata só de casos vistos em filmes de piratas, desengane-se. Os marinheiros dos dias de hoje carregam superstições tão carregadas de emoção quanto os de outros tempos.

Umas mais caricatas do que outras, as superstições contam histórias e truques. Por exemplo, contra tempestades, muitos marinheiros colam uma moeda no mastro dos navios.

Tal como fazem os actores, desejar boa sorte a um marinheiro antes de embarcar, também não é boa ideia. Os miminhos dados antes de entrar em palco também servem para o efeito.

Dar um novo nome a um barco é uma péssima ideia para um marinheiro. Dizem que muitos há que não navegam em barcos rebaptizados.

Lembra-se que os piratas de outros tempos utilizavam brincos? Pois isto faz parte de uma superstição. Dizem que os brincos evitam que se afoguem.

Entrar com um pé direito na embarcação é sinal de bons ventos. Tal como acontece com muitos de nós, os marinheiros também não gostam de entrar de pé esquerdo.

Já desde remotos tempos se dia que assobiar traz tempestades. Ora aqui está um mote dos marinheiros, pelo que se assobiar numa embarcação, arrisca-se a ter chatices com o marinheiro.

Verdades ou mentiras, as superstições existem e se manter os seus próprios mitos acalma um marinheiro, então que assim seja. Venham as superstições náuticas que cá estamos para as ouvir.

Já agora uma curiosidade ainda maior. Dizem que se tocar a gola de um marinheiro passará a ter sorte. Será verdade ou foi um marinheiro que inventou?

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:Superstições Náuticas

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 06:39:27

    Não acredito em superstições de forma alguma.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios