Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Vencer a timidez, ganhar confiança!

Vencer a timidez, ganhar confiança!

Categoria: Outros
Visitas: 2
Comentários: 3
Vencer a timidez, ganhar confiança!

Será que o simples pensamento de falar na frente das pessoas faz sentir-se nervoso e incapaz? Se assim for, precisa ler este artigo urgentemente. Muitas pessoas no mundo sofrem desde uma timidez leve a uma timidez extrema e estão a esforçar-se para superá-la. Deve antes do mais saber que sair dessa 'concha' não vai acontecer magicamente da noite para o dia. É preciso tempo, esforço e, claro, o desejo de mudar. Você está no caminho certo, desde que se sinta motivado a ultrapassar essa tendência tímida.

Pense sobre a origem da sua timidez. Timidez não significa necessariamente ser introvertido ou não gostar de si mesmo. Significa simplesmente que por algum motivo você se sente envergonhado quando os holofotes estão sobre si. Qual é a raiz da sua timidez? Em geral, é o sintoma de um problema maior. Seguem-se três possibilidades:

Você tem uma autoestima fraca. Isso acontece quando nos avaliamos a nós mesmos e que a voz dentro da nossa cabeça é negativa. É difícil parar de ouvi-la mas, no final do dia, faça com que seja a sua própria voz a impor-se sobre esse negativismo. Diga o que quiser.

Você está preocupado com a forma como você age. Isso acontece quando nos concentramos demais em nós mesmos. Porque passar o dia todo a pensar nas nossas ações e ter a certeza que nós não atrapalhamos, é um peso demasiado pesado e torna-se estressante. Relaxe.

Você está rotulado como tímido pelos outros. Às vezes, quando somos ou nos sentimos pequenos, a timidez ganha terreno. Infelizmente, as pessoas que nos veem dessa forma irão tratar-nos sempre assim, mesmo que estejamos já a trabalhar a força da nossa personalidade. Seja qual for o motivo, é superável. Eles dependem todos do seu modo de pensar e pensar é a única coisa que você tem sobre o seu controlo.

Aceite a sua timidez sem problemas. Um dos primeiros passos para superar a sua timidez é tentar aceitá-la e se sentir confortável com isso. Quanto mais você resistir consciente ou inconscientemente, mais tempo vai prevalecer nesse estado. Se você é tímido, então aceite-se e abrace a sua timidez totalmente. Diga: ‘Sim, eu sou tímido e eu aceito".

Agora, descubra o que o faz sentir assim. Torna-se tímido na frente de novos públicos? Ao aprender uma nova habilidade? Quando se aventura numa nova situação? Quando cercado por pessoas que você conhece e admira? Quando você não conhece alguém em algum lugar? Tente identificar os pensamentos que passam pela sua cabeça quando realçam a sua timidez e contrarie-a.
Nem todas as situações o deixam tímido. Se se sente bem e à-vontade no seio familiar, se conversa com todos e todos o ouvem, então esta é a sua primeira arma para combater a timidez noutros ambientes e situações. Pense nesses momentos quando aborda outros públicos. Imagine neles a sua família e aja com naturalidade. Seja você mesmo.

Faça uma lista de situações que o fazem sentir-se ansioso. Ordene-os de forma crescente começando pelo que lhe provoca menos ansiedade e terminando nos que lhe provocam mais. Quando colocar estes termos de forma desinibida e objetiva, estará a dar um grande passo par lidar com eles e ultrapassá-los com sucesso.

Conquiste essa lista. Uma vez que escreveu uma lista de 10-15 situações estressantes, comece a trabalhar com elas, um por um. As primeiras situações "mais fáceis" vão ajudar a construir a sua confiança para que você possa continuar e resolver situações mais difíceis.

Não se preocupe se você tem que recuar na lista. Leve-a ao seu próprio ritmo, mas faça um esforço para avançar!

Não se compare com os outros. Quanto mais se comparar aos outros, mais vai sentir que não é capaz de se valorizar, vai sentir-se mais intimidado, o que irá torná-lo mais tímido. Não adianta comparar-se a qualquer outra pessoa - mas se você fizer, faça-o de forma realista. Toda a gente tem os seus próprios problemas e muitas vezes a autoestima é o maior, só que muitas vezes não o demonstram.

Se tem alguns amigos ou membros da família que lhe parecem superconfiantes e extrovertidos, pergunte-lhes como fazem para ser assim. Eles provavelmente vão dizer-lhe que passaram por uma fase idêntica à sua, mas trabalharam nisso e ultrapassaram o problema da timidez.

Todos temos algum dom especial ou característica para oferecer ao mundo. Pode parecer uma frase feita, mas é verdade. Pense sobre o que você sabe, o que você pode e consegue fazer e o que tem feito, em vez de fixar-se no seu aspeto, na sua voz, no seu humor. Tenha em mente que todos, até mesmo as "pessoas bonitas", têm alguma coisa sobre si mesmo ou sobre a sua vida que não gostam. Não há nenhuma razão específica para que o seu "problema" o torne tímido. Lide com ele e fortaleça o seu interior.

Quando se concentrar no presente irá perceber que tem muito para oferecer a qualquer grupo ou situação. Os seus recursos e habilidades são necessários para melhorar qualquer problema, conversa, ou circunstância. Sabendo disso, vai sentir-se mais confiante e disposto a intervir. Estabeleça objetivos e não hesite. Vá em frente e consiga-os!

Desafie-se e fale com os outros. Somos seres sociais e todos temos que interagir. Conheça novas pessoas sempre que lhe for possível e converse com elas. Ouça-as e fale também sobre si e vença de vez a timidez.


Rua Direita

Título: Vencer a timidez, ganhar confiança!

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 2

602 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    28-07-2014 às 19:51:48

    A confiança é importante para tudo na nossa vida. Quanto mais cedo a exercemos, mais oportunidades aparecerão na nossa frente. É uma questão de decisão, hábito e novas formas de mudar. Vença a timidez, ela só nos atrapalha.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    16-04-2014 às 19:11:50

    Fantástico texto!!!

    A equipa da Rua Direita

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãorui

    14-03-2014 às 19:21:37

    muito bom texto

    ¬ Responder

Comentários - Vencer a timidez, ganhar confiança!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios