Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Uso do Polígrafo

Uso do Polígrafo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Uso do Polígrafo

O poligrafo foi criado por John Larson a mil novecentos e vinte e um, melhorado mais tarde por Leonard Keeler.

Este é um aparelho direcionado para detetar atividades fisiológicas no corpo humano devido a estímulos que não são controláveis pelo ser humano. Quando é transmitido ao cérebro o sinal de perigo, automaticamente o sistema nervoso leva o corpo a preparar-se para o tal sinal, sendo lidos estes sinais devido a mudança involuntária do corpo pelos acessórios do poligrafo. Sendo repetido para que não exista qualquer duvida existente. Normalmente um exame destes não é sentar numa cadeira e fazer perguntas para se chegar a uma conclusão, este é utilizado por pessoas especializadas na matéria devidamente treinadas chegando a durar entre uma a três horas, dividindo-se em quatro fases:

A primeira fase passa pela entrevista. O examinador explica ao examinado como o aparelho funciona, debate-se do que pretende, analisa-se e revê-se as perguntas que vão ser ditas.
A segunda fase é o material que é colocado ao examinado, por esta ordem de forma a não faltar qualquer instrumento. Primeiramente são colocados dois tubos de borracha com ar em torno do peito, para quando este expande o ar circular e deteta pelos sinais elétricos traduzindo a partir duma pena de tinta para a folha. Seguidamente é colocado um medidor de pressão sanguínea em torno do braço superior que leva a indicar quando existe mudança de pressão. Coloca-se placas de dedos unindo-se a ponta do dedo indicador para o caso de existência de algum suor ser traduzido para o aparelho.

Os sinais transmitidos ao aparelho aparecem sobre o ecrã do computador e finalmente para o sistema de gráficos com as penas a detetar os sinais vitais e nervosos. Durante o exame as perguntas são feitas umas três vezes com vinte segundos entre cada pergunta, para que o corpo reaja e uma leitura exata do estimulo do entrevistado.

A terceira fase é a análise dos gráficos do poligrafo.

A quarta fase e última é o resultado do exame do poligrafo designado como relatório final, sendo resolvido entre três decisões: -Não se deteta engano; - Engano detetado; - Inconclusivo. Cada uma destas decisões para cada resposta.

Na maioria das vezes conhecida pelos meios sociais como um entretém publico, no entanto foi especializado para empresas e instituições com o NSA, FBI, juízes, entre outras. Como o termo poligrafo indica “muitas escrituras” e nem sempre este meio está ao alcance de todas as carteiras.


Sandra Mendes

Título: Uso do Polígrafo

Autor: Sandra Mendes (todos os textos)

Visitas: 0

627 

Comentários - Uso do Polígrafo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Beleza
Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente\"Rua
Com a chegada do verão, os cuidados com a pele precisam ser intensificados. É claro que, independente da estação, os cuidados com a saúde e beleza são fundamentais. Mas, no verão, alguns problemas de pele, principalmente da face, tornam-se mais frequentes e, com isso, surgem algumas preocupações. A boa notícia é que, a maior parte dessas preocupações podem ser amenizadas ou até mesmo solucionadas com dicas caseiras de cuidado com a pele.

Logo, certos cuidados como o uso regular de bloqueador solar é importantíssimo, não só para evitar manchas no rosto e no corpo, como também, para evitar doenças graves como o temido câncer de pele. Por isso, a boa hidratação, a limpeza correta da face e o uso de cremes faciais com proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB não podem ser menosprezados.

Outro detalhe relevante é a escolha da alimentação. Para ter uma pele saudável e bonita é preciso evitar o uso de certos alimentos. Sabe-se que os conservantes, corantes e similares, que estão sempre presentes nos alimentos industrializados provocam alergias e outros problemas. Essas substâncias podem fazer surgir ou intensificar doenças como o melasma, aquelas manchas escuras na face. E, essas manchas são sensíveis ao calor do sol e, dependendo da pele, o tratamento exige bastante tempo e recursos financeiros para cuidados e acompanhamento dermatológico.

Mas, você pode preparar em casa uma loção para limpar a pele, reduzir ou até mesmo remover essas manchas escuras. Você vai precisar de um pêssego maduro, um pouco de hidratante facial e uma bisnaga de Bepantol, que é um creme com vitamina A.

Dicas para preparar seu creme removedor de manchas na pele:

Primeiramente, faça o creme de pêssego: é só bater no Mix o pêssego com um pouquinho de água. Para facilitar, amasse o pêssego com uma colher antes de bater no Mix. Depois, peneire a massa de pêssego para o creme ficar mais homogêneo. Em seguida, misture a terça parte da bisnaga de Bepantol ao pêssego com uma colher, preferencialmente de madeira ou de plástico. Com um algodão e com movimentos suaves, aplique a loção no rosto e deixe agir por 40 minutos. Depois lave com água abundante. Evite o uso de esfoliante porque a pele ficará muito sensível. Essa loção pode ser usada até três vezes na semana. Não use sobras de creme.

Pesquisar mais textos:

Zilma Silva

Título:Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Autor:Zilma Silva(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios