Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Um Deus Implícito Na Sociedade

Um Deus Implícito Na Sociedade

Categoria: Outros
Comentários: 2
Um Deus Implícito Na Sociedade

Um mundo em que ações científicas avançam constantemente, viver a partir de leis de um “Deus” maior seria um equívoco em uma sociedade tão moderna como a do século XIX.

É necessária a política na sociedade, uma vez que é essencial atribuir regras para que não haja uma fuga total ao padrão de vida das pessoas.

Além disso, o Estado é o “protagonista” no mundo moderno e capitalista de hoje, desempenhando um papel fundamental nos acordos financeiros e contribuindo para os avanços tecnológicos das nações.

Assim, a religião deve ser opcional, não interferindo nos valores morais, sociais e humanos dos países.

É evidente que exista um Deus, pelo ponto de vista religioso, porém há diferentes interpretações das chamadas “leis divinas”. O abuso aos fiéis é exacerbado devido a forte fé que as pessoas têm a esse Deus, existindo, assim, aproveitamento dentro dos templos religiosos.

Diferente das outras formas de governo, a teocracia é a única em que o “o governante” (Deus) é comum a todas as nações, ou seja, Deus está em todos os lugares, porém, não há necessidade de tornar as pessoas tão obcecadas por algo que há dúvidas de sua própria existência. Isso leva ao fanatismo.

O homem se sente tão só nesse vasto mundo em meio a tantos conflitos, em que opiniões divergentes se confrontam diariamente e se vê entre o certo e o errado, por isso se refugia em seu “eu” interior.

Acredita, assim, que há alguém superior (Deus) que vai tirá-lo dessa solidão que o agoniza.
Por longos anos, religião e ciência se confrontam para tentar explicar fenômenos que aconteceram, porém o homem é ambicioso, tentando mostrar que os fenômenos se explicam por fatos religiosos a fim de se beneficiarem com o uso do dinheiro dos fiéis, na maioria dos casos.

Por outro lado, a ciência leva anos de estudos, leva conhecimento à sociedade, mostra o real sentido dos fenômenos, uma vez que os estudos religiosos se baseiam em relatos – dos chamados discípulos.

A Teocracia deveria ser restrita às pessoas, mas não como forma de governo. A religião poderia sim fazer parte do cotidiano, porém sem o fanatismo exacerbado. Isso afeta o comportamento psíquico dos fiéis: viver somente em função de um livro (por ex: Alcorão, Bíblia) e costumes religiosos.

A sociedade necessita de um governo, pois desde sempre o homem jamais conseguiu viver só, precisa de uma orientação. Entretanto, viver em função de um soberano que talvez nem exista, seja desafiar nossos próprios limites mentais e emocionais.


Larissaalb.

Título: Um Deus Implícito Na Sociedade

Autor: Larissaalb. Larissaalb. (todos os textos)

Visitas: 0

326 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Natanael

    13-12-2014 às 10:07:05

    Enquanto seguirmos aquilo que o coração humano deseja a nossa sociedade será um caos. A sociedade atual tem ido de mal a pior justamente porque estão se esquecendo de cumprir os mandamentos de Deus.

    ¬ Responder
  • Larissaalb.Larissaalb.

    17-02-2017 às 21:27:25

    Exatamente!
    Estão se esquecendo dEle que tudo nos ensinou.

    ¬ Responder

Comentários - Um Deus Implícito Na Sociedade

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios