Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Um Bom Inventor

Um Bom Inventor

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Um Bom Inventor

Quem é um bom inventor? Primeiramente devemos precisar o que significa inventar, que de acordo com o dicionário online de português é criar algo de novo, imaginar uma coisa que se dá como real, fingir, mentir… assim, inventar pode distanciar-se entre o bem e o mal, tal como a manhã está longe do anoitecer…

Tudo o que existe no mundo em que habitamos, tudo o que nos rodeia foi inventado por alguém, e eu pessoalmente já não saberia viver sem uma porção de invenções a que me habituei desde que me conheço… Vamos imaginar que é também uma das definições de inventar… vamos imaginar que acordávamos de manhã e não havia um candeeiro sobre a mesa de cabeceira… Imaginemos que vamos tomar o pequeno almoço mas não temos frigorifico onde guardar o leite, não há fogão ou micro-ondas para o aquecer… enfim… imaginemos que não temos internet, nem computador e nem mesmo telemóvel ou telefone… que não há automóveis e nem foram inventadas as bicicletas…

Que falta nos faria tudo isto! São portanto boas invenções… Agradecemos a Benjamin Franklin a luz elétrica e a lâmpada a Tomas Edison, devemos a bicicleta a Leonardo da Vinci, e o automóvel a Ferdinand Verbiest… Estes e outros homens foram bons inventores, e muitos hoje progridem inventando coisas que serão úteis para as pessoas do mundo de amanhã…

Apesar da importância de todas estas coisas na nossa vida, muitas pessoas viveram sem estas e outras coisas no passado… muitas pessoas vivem sem estas coisas hoje, casas sem eletricidade, existem pessoas que não tem carro, nem bicicleta e que por isso andam a pé.

Há porém coisas em as quais a vida neste mudo seria impossível, já imaginámos o que era viver sem água? Beberíamos outra coisa, mas e as plantas de que nos alimentamos, de que viveriam elas? Logo de que viveríamos nós? Já imaginámos o que seria viver sem oxigénio? Sem os milhares de elementos existentes na atmosfera, da terra, na água? Como poderíamos equacionar a hipótese de habitar num mundo assim? Apesar de os cientistas procurarem alternativas à terra, como a lua, Marte, ou outro planeta qualquer, e nossa terra, foi o único planeta pensado e criado com as condições exatas para que vivêssemos, e não para que apenas vivêssemos mas para que vivêssemos com saúde física e mental olhando as paisagens fantásticas criadas para que as contemplássemos!

Ao Deus criador de tudo, o verdadeiro bom inventor, um muito, muito obrigada.


Ana Sebastião

Título: Um Bom Inventor

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 0

602 

Comentários - Um Bom Inventor

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios