Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Subempregado? Rentabilize-se!

Subempregado? Rentabilize-se!

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Subempregado? Rentabilize-se!

Muitas pessoas hoje em dia percebem que têm sorte por ter um emprego. Mas para aqueles que estão entediados com o seu trabalho atual e sabem que não é o momento certo para fazer uma mudança de emprego, há algo que pode ser feito para tirar o máximo proveito por estar subempregados. Aproveite o tempo para seu benefício, é claro! Tente algumas maneiras eficazes e até mesmo criativas para o fazer.

Lembre-se que não está sozinho. As pessoas muitas vezes sentem-se insatisfeitas nos seus trabalhos. Na verdade, ter um emprego em que não utilize plenamente as suas habilidades pode ser muito frustrante.

O subemprego não tem apenas a ver com o tédio de estar sem nada fazer. Qualquer um pode ter um emprego onde está ocupado durante todo o dia, mas a fazer algo servil que não permite que use o seu pleno potencial. Este fenómeno pode azedar sua atitude e corre à solta em muitos locais de trabalho - e, sim, até mesmo durante uma recessão económica.

Independentemente de saber se é novo ou não, nunca parece bom nem bem estar a jogar um jogo no seu computador. Encontre outra coisa para fazer - neste caso, algo mais produtivo.
Conheça os seus benefícios. Provavelmente já sabe se pode obter cuidados de saúde, mas agora é o momento de explorar o que mais a empresa tem para oferecer. Obtenha uma cópia do manual do empregado e leia o livro inteiro. Conheça o diretor de Recursos Humanos e pergunte sobre outros benefícios, incluindo descontos em academias e formação de desenvolvimento profissional. Talvez você possa fazer um curso para expandir suas habilidades de trabalho para passar o tempo - mesmo se fizer um curso de auto-didata no seu computador.

As coisas podem ser lentas e os novos funcionários poderão ter mais tempo para ser levados até à velocidade que a empresa pretende, mas a chave é estar a fazer alguma coisa relacionada com o trabalho, mesmo se não estiver a trabalhar nos seus projetos habituais.

O objetivo é estabelecer relações que podem beneficiá-lo no futuro, seja para esta empresa ou outra.

Conheça o organograma e determine quem você quer conhecer. Pare no escritório do líder empresarial e apresente-se.

Considere uma mudança de emprego com cuidado. Aqueles que estão subempregados ou simplesmente entediados até às lágrimas nos seus trabalhos podem estar desesperados para conseguir algo mais. Se decidir que quer explorar outras oportunidades, pense no que quer fazer. Se você ainda não tem o número de anos necessários para avançar, pode ser uma ideia melhor permanecer no seu trabalho atual, evite o trabalho precário e faça mais cursos de desenvolvimento profissional.

E se quiser sair deste trabalho, faça a escolha cuidadosa ao aceitar um outro trabalho para que não volte à mesma situação de subemprego. Faça testes de carreira e descubra o que é bom e avalie o seu próximo passo com cuidado. Procure empregos discretamente, de modo que se não correr bem, não perderá o trabalho atual e acabar sem nada.

Explore outros interesses. Se não pode sair ou encontrar projectos mais atraentes, faça o seu trabalho fora do horário especial. Faça algo envolvente, arranje um hobby ou passe tempo com as pessoas de quem gosta. Muitas pessoas usam este tempo para fazer o trabalho de que gostam, e alguns dão um passo adiante e preparam-se para abrir o seu próprio negócio.


Ruben Duarte

Título: Subempregado? Rentabilize-se!

Autor: Ruben Duarte (todos os textos)

Visitas: 0

603 

Comentários - Subempregado? Rentabilize-se!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios