Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Silagem: armazenamento de grãos alimentares

Silagem: armazenamento de grãos alimentares

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 2
Silagem: armazenamento de grãos alimentares

Silo é uma palavra espanhola, procedente da palavra grega “sírios”, que significa “lugar subterrâneo e enxuto onde se guarda o trigo”.

A construção de silos para armazenar grãos alimentares é uma prática milenar, constando-se registros de silos construídos há mais de 4.000 anos na Índia, e também em outros países como Egito, China e Espanha.

A construção de silos requer cuidados especiais no sentido da perfeita proteção dos produtos armazenados contra intempéries e insetos.

Países ou regiões onde a concentração de chuvas se processa apenas em determinadas épocas do ano, convém aproveitar a produção forrageira do chamado período das águas (chuvoso) para ensilagem desta, garantindo a alimentação animal com qualidade e poucas perdas nutricionais durante o período de seca.

O armazenamento da forragem em silos oferece uma série de vantagens que o torna interessante, apesar de requerer gastos na construção de silos e aumento de trabalho, pois: permite manter maior número de animais por área; torna viável a utilização de plantas grosseiras; melhora a palatabilidade e a digestibilidade das forragens; reduz o custo da alimentação; possibilita total aproveitamento das plantas; assegura o aproveitamento do excesso de pastagens da estação chuvosa; independe das condições climáticas e o produto final apresenta quase toda a sua composição inicial.

A obtenção de uma silagem com boas qualidades nutritivas está na dependência de uma série de fatores importantes, tais como: época de corte da planta forrageira; picagem do material a ser ensilado; tempo gasto no carregamento, compactação e isolamento da massa, para evitar a penetração de ar.

Um dos processos mais vantajosos na prática consiste em misturar gramíneas e leguminosas na mesma silagem.

O milho é uma das plantas mais usadas na ensilagem, por ser um alimento de excelente qualidade. O corte deve-se dar quando os grãos atingirem o estado de leite grosso, pois é nesse estágio que o cereal apresenta maior riqueza em nutrientes.

O sorgo apresenta qualidades bastante parecidas às do milho e o produto final é igualmente de excelente qualidade. Para ensilagem são recomendadas as variedades sacarinas, estando em torno de 40 a 50 toneladas de massa verde o rendimento por hectare. É, entretanto uma planta tóxica quando nova, recomendando-se sua cultura em local isolado de animais.

As gramíneas não podem ser a única fonte de alimentos, dada sua pobreza em proteínas, embora seja rico em energia.

As leguminosas oferecem uma série de vantagens sobre outras forrageiras volumosas, e quando ensiladas corretamente produzem alimento de elevado teor nutricional. Das diversas espécies, as que se prestam mais a ensilagem são: lab-lab, guandu, soja, kudzu, soja perene, alfalfa, feijão miúdo (caupi ou de corda), trevos, etc.


Cláudio Júnior

Título: Silagem: armazenamento de grãos alimentares

Autor: Cláudio Júnior (todos os textos)

Visitas: 2

785 

Imagem por: mr.bologna

Comentários - Silagem: armazenamento de grãos alimentares

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Imagem por: mr.bologna

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios