Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Será que é o homem certo?

Será que é o homem certo?

Categoria: Outros
Comentários: 1
Será que é o homem certo?

Muitas vezes se coloca esta questão: será que é o homem certo? Por vezes há mulheres que sofrem por um amor que se perdeu, se foi embora com outra ou as abandonaram, choram o amor perdido, afogam-se em lágrimas, perdem-se de saudades, inibem-se de outro relacionamento e às vezes por uma pessoa que nem as merece. Pode ser que nem, seja o homem certo, o homem carinhoso, companheiro e amigo para todas as ocasiões. Mas a pessoa está tão fascinada, magoada, triste que nem se apercebe. E, quando cai em si já pode ser tarde de mais. Tanto tempo perdido por um amor incompreendido, sem sentido e no entanto sem ser até o homem adequado para fazer a pessoa sentir-se bem na vida.

Os sentimentos são por vezes difíceis de compreender, deixam mágoas, tristezas e marcas profundas. Há que ter a capacidade de os ultrapassar sem se magoar muito. E, tentar encontrar outras pessoas ou uma pessoa com mais afinidades e que se completem e preencham. Mas quando o amor bate à porta o entusiasmo pode ser tão grande que nem se vê se ele é ou não o homem certo. Há quem fique a vida inteira presa num amor passado, há quem faça loucuras por ele, há quem mate por amor, há quem se suicide por amor. Muito mais do que se possa pensar.

Acontece a pessoas de todas as idades, estratos sociais, seja homem ou mulher. Às vezes nem param para pensar antes de fazerem essas loucuras porque pode ser que até o amor dos sonhos não seja nada de sonho. Até pele contrário pode ser uma pessoa horrível que não condiz nada com os sentimentos que lhe dedicam. Mas há quem se desiluda com um amor e já nem queira mais outro na vida. Podem até esquecer mas não querem repetir o erro, o sofrimento e a desilusão.

Outros porém têm tendência a repetir o mesmo várias vezes até encontrarem a pessoa certa, outras nunca a encontram ou não querem encontrar. Preferem passar a vida só sem compromissos, desgostos e desilusões. O ser humano é muito complexo, não pensa e sente tudo da mesma maneira. E tomam opções também diferentes ou valorizam outras em detrimento do amor. Há quem prefira amizades, ser livre e não assumir compromissos de ter filhos ou outros. E têm a sua própria felicidade. Assim nem precisam de saber se aquele é o homem certo?

Teresa Maria Batista Gil

Título: Será que é o homem certo?

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

631 

Imagem por: Edwin Dalorzo

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • RayanneRayanne

    10-05-2011 às 20:00:25

    mt legal tirou todas as minhas duvidas mais ainda me sinto insegura... mais vlw msm..

    ¬ Responder

Comentários - Será que é o homem certo?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Edwin Dalorzo

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios