Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Sabe controlar as suas emoções?

Sabe controlar as suas emoções?

Categoria: Outros
Visitas: 8
Comentários: 1
Sabe controlar as suas emoções?

Falar em emoção é sempre um tema que desperta muito interesse, a emoção nos move, ela está dentro do nosso ser e se manisfesta no decorrer de toda a vida. Sentir algo que não é possível tocar, que num momento nos tras alegria e em outro tristeza, nos faz sorrir e chorar. Ótimo termos sensibilidades mas, a era atual nos chama à atenção quanto a sermos muito emotivos, não dá para ficar chorando por tudo e a todo momento. Imagine no trabalho, o chefe dizer que não poderá dar atenção naquele dia e nos pormos a chorar, abrir a boca e deixar descer as lágrimas. Não é para ninguém sentir vergonha ao chorar, tanto homens como mulheres, desfrutam desse desafogar pela lágrimas, o propósito do tema é abordar a importância de não exagerar, de ter melhor controle sobre si, chorar é uma coisa, chorar a todo momento e por qualquer motivo é outra.

Na maioria das vezes em que se deixa aflorar as emoções, sejam elas de raiva, alegria ou tristeza, damos um valor maior a situação que se apresenta, do que realmente tem, isso acontece porque nem sempre aquele assunto é o foco, pode se tratar de um acúmulo que está na mente e a pessoa explode no primeiro motivo.

Para ter auto-controle, não quer dizer que tem que se ficar insensível, seria um equívoco pensar tal possibilidade. O que se sugere é gerir, lidar, administrar melhor as emoções, faz parte do amadurecimento psicológico para crescimento individual.

O poder emocional, conciste em dominar-se sem no entando se agredir, lançar um novo olhar sobre a vida e não projetar ou delegar para os outros, o dever de atender as expectativas e dar solução, que cabem a cada um solucionar.

Sempre nos momentos em que as emoções estão mais afloradas, deve-se procurar um lugar para ficar a sós, mesmo que seja no banheiro, respirar fundo algumas vezes e soltar o ar devagar, fechar o olhos e procurar não pensar em nada, deixar as emoções mais equilibradas para que seja possível enxergar a questão com mais controle.

Ter determinação, exercitar a tolerância, traçar metas a curto e longo prazo, permitir-se momentos de silêncio mental para aprender a relaxar, fazer leituras construtivas com ênfase no controle emocional e desenvolver o alto amor, são caminhos que levam a um melhor entendimento das emoções.

Aprender a gerir as emoções é de suma importância para o desenvolvimento pessoal, para que a vida seja mais plena e para obter mais sucesso, pois em todos os campos da vida, lidamos com as emoções.


Sílvia Baptista

Título: Sabe controlar as suas emoções?

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 8

797 

Imagem por: Victor Bezrukov

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • cleide

    05-08-2012 às 00:20:44

    gostei do comentario,mas o que eu queria era não passar fraquesa as pessoas e sim confiança ex; a minha mãe foi operada e eu fiquei desequilibrada sem noção e sempre procurando o equilibrioentão chorei muito ai da imprção que o pior esta acontecendoeu acho isso muito ruim eu me sinto muito mal e fico me punindo eu mesma pensando comigo mesmo preciso ter calma e acabo ficando com raiva

    ¬ Responder

Comentários - Sabe controlar as suas emoções?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Victor Bezrukov

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios