Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Plural Dos Substantivos Compostos

Plural Dos Substantivos Compostos

Categoria: Outros
Visitas: 2
Plural Dos Substantivos Compostos

Durante um tempo, as dúvidas em relação ao plural dos substantivos compostos me rodeavam sobremaneira. Não entendia bem como era a sua regra na hora de aplicar o plural e sempre me confundia e como não tinha certeza, errava! Hoje vamos esclarecer como eles funcionam levando em conta em não decorar, mas em entender o sentido que eles dão. Espero que seja bem útil estas informações, pois é muito importante aprendermos como eles são escritos corretamente.

O plural dos substantivos compostos deve ser flexionado nos seguintes casos:
- Se não houver hífen, os substantivos compostos flexionam-se como um substantivo simples:
Exemplos: girassol / girassóis; vaivém / vaivens.

- Se houver hífen, pluralizam-se os substantivos compostos formados por palavras variáveis (substantivos, adjetivos e numerais ordinais) e não se flexionam os formados por palavras invariáveis (verbos e advérbios), nem os radicais e prefixos que formam o substantivo composto ligado por hífen:

1) couves-flores (substantivo e substantivo); boias-frias (substantivo e adjetivo); quintas-feiras (numeral ordinal e substantivo); ex-alunos (prefixo e substantivo); guarda-costas (verbo e substantivo); sempre-vivas (advérbio e adjetivo).

Quando as palavras que compõem o substantivo composto vierem ligadas por preposição (de, do, sem, etc), pluraliza-se somente a primeira palavra: águas-de-colônia / pores-de-sol/ mulas-sem-cabeça.

Quando o substantivo composto for formado por palavras repetidas ou por onomatopeias, pluraliza-se somente a segunda palavra: reco-recos/ tique-taques/ bem-te-vis.

ATENÇÃO!

- Há substantivos compostos que já têm a segunda palavra no plural: mestres-de-obras / saca-rolhas.
- Nos substantivos compostos de sentidos contrários, nenhuma palavra se flexiona: os leva-e-traz / os perde-ganha.

- Certos substantivos compostos apresentam mais de uma forma no plural: padre-nossos/padres-nossos; salários-família/salários-famílias.
- As formas apocopadas grão, grã e bel não são flexionados: grão-duques / grã-cruzes / bel-prazeres.

- Há substantivos compostos que variam de uma forma especial: os arco-íris/ os diz-que-diz/ os louva-a-deus/ os Maria-vai-com-as-outras.
- Admite-se flexionar só o primeiro elemento do substantivo composto quando o segundo expressa semelhança ou finalidade: navios-escola/navios-escolas; papéis-moeda/ papéis-moedas; bananas-maça/bananas-maçãs.

E assim, finalizamos esse pequeno estudo sobre o plural dos substantivos compostos. É sempre bom você reler tudo isso, pois acabamos por esquecer com o tempo. Fazendo uma releitura regularmente, dificilmente iremos escrever errado ou nos confundir.

Obrigada pela visita aqui e deixe seu comentário!


Adriana Santos

Título: Plural Dos Substantivos Compostos

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 2

0 

Comentários - Plural Dos Substantivos Compostos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios