Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Planta do tabaco

Planta do tabaco

Categoria: Outros
Visitas: 18
Planta do tabaco

O Tabaco vem da planta Nicotiana Tabacum, proveniente da América e mais tarde com as viagens de Colombo, trazido para a Europa.

Esta planta, contem umas substâncias estimulantes que leva a pessoa a relaxar aquele bocado durante o intervalo do trabalho. Pode ser administrado de diversas formas; fumar é o mais comum (charuto, cigarro, cachimbo, etc…), se bem que também pode ser mastigado.

O tabaco pode ser plantado em casa, e aconselha-se a semear nos meses Maio a Julho. Esta simples planta pode render cerca de dez mil cigarros. Já reparou quantos maços de cigarros pouparia? Não é preciso colocar qualquer tipo de adubos, basta água, terra e um cantinho ao sol, como uma varanda num vaso com capacidade de 5Litros, ou num quintal para crescer melhor. A planta pode chegar a atingir os dois metros de altura com folhas compridas e largas com cerca de setenta centimentos. Após estar pronta para a colheita, coloca-se a secar e retalha-se para a sua finalidade.

Já alguma vez pensou o que está dentro daquele tabaco enrolado que compra no quiosque lá na esquina? Quando fumamos um cigarro, a combustão do tabaco leva aos pulmões através de fumo, substâncias como vapores, quando absorvidas pela corrente sanguínea, como a nicotina, substâncias irritantes, alcatrão, agentes cancerígenos, monóxido de carbono, acetona, níquel, formol, e muitas mais, estima-se ser quatro mil compostos químicos num só único cigarro.

No entanto, o consumo deste estimulante pode provocar para o ser humano riscos mortais, entre os quais cancro do pulmão, estomago, da laringe e da boca entre muitos mais cancros, doenças cardiovasculares, dificuldades respiratórias etc …, não é propriamente aconselhado o consumo, apesar de ser um processo lento o aparecimento destas doenças e o amarelo nos dentes.

Quando se começa a fumar as primeiras vezes e ainda não se é dependente deste vício, pode causar náuseas e vómitos. Normalmente o consumo de tabaco começa na adolescência, com a curiosidade de provar, experimentar com amigos, realização pessoal, tranquilizante, e quando se dá por si, já está dependente. Com a inflação dos preços do tabaco, algumas pessoas deixam de comprar em maço, para comprar em latas ou onças, de forma a combater os gastos adicionais. Existem diversas formas de fugir aos preços altos, fumando tabaco mais barato ou enrolado por si próprio.


Sandra Mendes

Título: Planta do tabaco

Autor: Sandra Mendes (todos os textos)

Visitas: 18

791 

Comentários - Planta do tabaco

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios