Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Os princípios do Islamismo

Os princípios do Islamismo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 20
Os princípios do Islamismo

A península da Arábia era no século VI um território muito extenso, constituída por um deserto de rocha e areia, cujas temperaturas podiam ultrapassar os 50 graus e a água era muito rara.
Nos lovais onde a água aparecia formavam-se oásis, onde a população se concentrava, cultivamdo a terra, criando ovelhas, cavalos e dromedários.

Foi neste ambiente que naceu Maomé, que veio a ser profeta da terceira grande religião monoteísta da história, o islamismo.

Através das muitas viagens que fazia Maomé contatou com as comunidades judaicas e cristâs, que existiam em vários pontos da Arábia.

Enquanto meditava uma gruta, por volta dos 40 anos, Maomé, afirmou ter sido visitado pelo arcanjo Gabriel, que lhe terá transmitido as palavras de Alá.

Desde aí, Maomé recitou essas palavras aos seus seguidores, que por sua vez as escreveram num livro, chamado o Corão.

Ficaram então, crentes numa nova religião , designando-se de muculmanos.
Fica assim definido o islamismo, ou Islão, como foi estabelecido no Livro Corão, que define para eles cinco obrigações, consideradas pilares da religião.

Com efeito elas são as segintes: afirmar a fé, recitando um só Deus e Maomé, o seu profeta, fazer as orações cinco vezes ao dia, virados para Meca, cumprir o jejum no mês do ramadão, não ingerindo nada do nacer ao põr do sol, fazer a peregrinação a Meca, pelo menos uma vez na vida e dar esmola aos pobres.

Alguns muculmanos ainda consideram a guerra santa, como o sexto pilar da religião.
No entanto, esta pregação de Maomé, gerou desagrado na maior parte dos habitantes de Meca. A cidade era palco de muitos peregrinos, que acorriam a santuário para adorar a Pedra Negra, enviada pelos deuses.

A verdade. é que os seus habitantes receavam que os peregrinos deixassem de ir ao santuário de CAaba para fazer a adoração da pedra.

Deste modo, expulsaram Maomé, que fugiu para Medina, reunindo os seus fiéis na mesquita, que foi construída.

Esta fuga do profeta Maomé, marca o início do calendário islâmico.
Alguns anos depois ele volta a Meca, e reconheceu o santuário da pedra negra, como uma oferenda a Alá, seu Deus.

Maomé morreu na cidade de Meca no ano de 632.
Os peregrinos quando iam a meca, tinham que dar sete voltas à Caaba, e se possível beijar ou tocar a Pedra Negra.

Alá, significa Deus, na lingua àrabe e é o mesmo dos judeus e dos cristãos.
A Pedra Negra é um fragmento de um meteorito que se encontra na esquina oriental da Caaba, em Meca.

Esta pedra era já venerada antes do aparecimento do islamismo e, Maomé reafirmou o seu caráter sagrado.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Os princípios do Islamismo

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 20

692 

Comentários - Os princípios do Islamismo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios