Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > O valor da credibilidade

O valor da credibilidade

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 18
Comentários: 2
O valor da credibilidade

Nunca como hoje se falou tanto de valores como a credibilidade, o crédito, confiança, dívida, défice ou débito.
Na verdade, pode dizer-se que a credibilidade foi sempre um atributo essencial, nos mais diversificados tipos de relacionamentos.

Podemos, de fato, afirmar que uma pessoa é digna de crédito quando ela consegue estabelecer relações interpessoais que inspiram alguma ou muita confiança.
Estes valores devem ser inerentes a todos, seja quais forem os seus credos religiosos ou políticos.

Com efeito, a palavra crédito, vem do latim, creditus do verbo latino credere:crer, e significa ,coisa confiada.
Assim, crédito, na sua origem, significa, confiar ou ter confiança.
Credibilidade é definida como qualidade de ser credível, ou seja, acreditável.
Considera-se o crédito, o direito que tem uma pessoa a receber de outra, um débito.
E, ter débito ou estar em débito, significa estar em dívida, e estar em crédito, significa, estar em saldo positivo.

Esta teoria, de créditos e débitos, naceu concretamente já há mais de quinhentos anos.
Efetivamente foi criada por um monge franciscano, de nome, Luca Pacioli, cuja finalidade era auxiliar os comerciantes e negociantes de Veneza, que necessitavam gerir as suas economias cada vez mais em crecimento.

A partir daí, o mundo nunca mais dexou de usar estes conceitos, tão essenciais à vida.
Se aplicarmos as noções de crédito e débito à vida, podemos afirmar que o crédito, ou a credibilidade, é a capacidade de gerarmos confiança à nossa volta.
Na realidade, é sempre bom termos credibilidade, seja com a família, com os amigos, vizinhos, enfim, com todo o mundo que nos rodeia.

É sempre bom, acumular créditos e ter muita credibilidade, pois nunca sabemos quando vamos precisar dela.
Contudo, também não devemos ignorar o cuidado que devemos ter no seu uso, pois, para construí-la é necessário anos de esforço, dedicação e renuncias.
Ao invéz, para perdê-la, às vezes basta um simples gesto, um atitude ou uma palavra.
A situação financeira atual, de crise global, obriga as pessoas a prestarem mais atençao ao valor do crédito.

Quando este era fácil de conseguir, amuitas pessoas tornaram-se descuidadas e abusaram dele, não economizando e considerando que ter dívidas era uma coisa comum.
O problema surgiu, logo que tiveram de pagar todas as coisas e, como ão tinham dinheiro, la se foi a tal credibilidade.

Mas, atualmente, ter credibilidade, tornou-se subitamente mais importante.
A par desta alta de credibilidade financeira, alastra também ao mundo das relações, isto, porque quantas vezes as pessoas que nos rodeiam, em especial as que exercem responsabilidade, perdem toda a credibilidade.

em face da crise global que se vive, nos dias de hoje, torna-se urgentíssimo, recuperar os valores perdidos, não só financeiros, mas sobretudo os humanos .Estes, estão cada vez ais afastados da realidade, podendo afirmar-se que quase já não existem, nos nossos dias.


Teresa Maria Batista Gil

Título: O valor da credibilidade

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 18

668 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Kizua UriasKizua

    01-09-2014 às 14:36:57

    Uma virtude essencial é ter essa credibilidade. Não apenas nas relações empresariais, financeiras, mas muito mais nas relações interpessoais. Acreditar em alguém é muito importante, transpassar essa confiança também é!

    ¬ Responder
  • Deborah

    17-03-2013 às 10:56:15

    olá

    Gostei muito do texto porem tem que se atentar aos erros de escrita.

    At

    ¬ Responder

Comentários - O valor da credibilidade

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios