Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > O lobo que vive dentro de nós.

O lobo que vive dentro de nós.

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 4
Comentários: 5
O lobo que vive dentro de nós.

Era uma vez um menino e a avó. Certo dia a avó chamou o menino e disse:”temos um lobo dentro de nós”. O menino não percebeu e foi para a cama com medo do lobo mau. Mais tarde, quando cresceu lenbrou-se das palavras da avó epercebeu tudo.

Sim, é verdade. Todos temos um lobo mau e um lobo bom. Cabe-nos a nós alimentar um deles. Há pessoas que alimentam o lobo bom, ou seja, o seu lado bom. Outras alimentam o lobo mau, ou seja, o seu lado mau. É por isso que há pessoas que têm duas personalidades. E mudam como lhes convém. Toda a gente tem escolha. E temos de ser responsáveis pelos nossos atos. Assim, se não dermos atenção ao nosso lado bom, o lado mau vai sobrepor-se. O que resulta muitas vezes em problemas incontornáveis.

A maioria das pessoas esforça-se a alimentar o seu lado melhor para ganhar um nome na sociedade, e o respeito dos demais. Também acontece que muita gente tenta ser perfeita, mas a perfeição não existe. O que existem são pessoas com capacidade de alimentar o seu lado melhor e que lutam pelos seus valores morais. Por outro lado existem também pessoas que não se importam com esses valores e que não pensam nos outros. Têm sempre a desculpa de que os meios justificam os fins e bla bla bla...a conversa é sempre a mesma. Eu não sou assim. Pelo menos tento não o ser pois as duas faces da moeda existem dentro de mim. Só que tento alimentar o que de melhor eu sou.

Dadas as circunstâncias da nossa sociedade cada vez mais pobre em recursos económicos e mentais, os lobos maus invadem as ruas causando ondas de insegurança. Basta ligar a televisão e ver os noticiários para entender onde andam os lobos e para saber o que andam a fazer. Crimes, violações, roubos, violência de todo o tipo. Costuma ser nas situações de maior carência que estes problemas são mais comuns. Claro que em sociedades mais ou menos estáveis e com elevada educação também acontece. Só por dizer que a maldade é camuflada com pele de ovelha. O que ainda é pior, porque as pessoas pensam que está tudo bem e afinal não está. Só se descobre quando vem a público.

A história inicial do menino e da avó é verídica. Dei este exemplo para melhor se perceber o que se passa na sociedade em que vivemos. Todos nós temos um lado bom e outro lado menos bom. Cabe-nos a cada um de nós explorar o que temos de melhor. Todos nós temos vocação para alguma coisa. Todos nós temos valores que aprendemos desde pequenos como o amor, a paz, a benevolência, a verdade, entre outros. Está na hora de alimentarmos o nosso lobo bom para que a nossa sociedade se torne uma sociedade melhor tanto agora como no futuro.


Jovita Capitão

Título: O lobo que vive dentro de nós.

Autor: Jovita Capitão (todos os textos)

Visitas: 4

804 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • SophiaSophia

    26-05-2014 às 06:55:34

    Não existe isso de pessoa má e pessoa boa(lobo mau ou bom, né? rsrs). Há dentro de nós os dois! Cada uma com sua força e devemos decidir qual seguir. Infelizmente, a maioria das pessoas escolhem a má e assim, vivem por anos. Que escolhamos o que é bom, pois teremos uma vida melhor, muito melhor!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Jorge Nuno

    29-08-2012 às 15:38:38

    Digo-lhe só que estou a ler "O Poder do Amor", de Vera Faria Leal e sinto que é uma fonte de inspiração, tanto para a poesia como para a pintura, fazendo virarmos para o lado positivo da vida... se isto ajuda!?... Seguramente que o lobo bom agradece!

    ¬ Responder
  • Jovita CapitãoJovita Capitão

    29-08-2012 às 15:43:20

    Claro que ajuda :) Agradece o lobo e agradeço eu.

    ¬ Responder
  • Jorge Nuno

    28-08-2012 às 18:44:30

    Que continue a alimentar o lobo bom, que o outro deixará de ser problema! Continuação de boa escrita e parabéns pelos trabalhos apresentados, que leio atentamente.
    Jorge Nuno

    ¬ Responder
  • Jovita CapitãoJovita Capitão

    29-08-2012 às 11:09:17

    Obrigada Jorge Nuno. E aceito sugestões de assuntos que lhe interessem. Ideias precisam-se para poder desenvolver o meu lobo bom.

    ¬ Responder

Comentários - O lobo que vive dentro de nós.

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios