Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Laboratório de Química

Laboratório de Química

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 4
Laboratório de Química

Em um laboratório de Química é imprescindível um conhecimento mais aprofundado sobre os reagentes e equipamentos a serem usados no mesmo, para um determinado experimento que fora exigido do estudante ou profissional e também muita atenção no decorrer das análises a serem feitas.

As vidrarias são ferramentas muito utilizadas para processos químicos, elas são divididas em volumétrica e não volumétricas, cada qual determinada para uma finalidade. As volumétricas são precisas para a medição de quantidades específicas como, por exemplo: a bureta (usadas em análises volumétricas- como a titulação); a proveta e a pipeta (usadas para medir e transferir líquidos) e o balão volumétrico (para o preparo de soluções laboratoriais); elas não podem ser aquecidas devido à dilatação do vidro ocasionando a descalibragem das medidas correspondentes de cada uma.

Já as vidrarias não volumétricas não apresentam graduações de volume e podem ser aquecidas, como por exemplo: o béquer e o erlenmeyer (usados nas reações entre soluções e diluições de substâncias); o tubo de ensaio (reações em pequena escala); o balão de fundo redondo (sistemas de refluxo e evaporação a vácuo) e o balão de fundo chato (para reações com desprendimento de gases).

Nos laboratório também existem alguns equipamentos e acessórios que fazem parte dos experimentos rotineiros de um “químico”, os mais utilizados são: bico de Bunsen e manta aquecedora (fonte de aquecimento); balança (medida de massa de sólidos e líquidos não voláteis); suporte universal (operações como: filtração, sistemas de destilação e sustentação para peças em geral); tela de amianto (suporte para as peças a serem aquecidas- uniformizando o calor) entre outros.

A segurança humana é um fator importantíssimo nos laboratórios de química, deste modo foram criados meios que amenizassem os riscos de acidentes chamados EPI’s e EPC’s (equipamentos de proteção individuais e coletivos): são eles jalecos ou aventais, óculos, máscaras, luvas, extintores e a capela – proteção de gases tóxicos. Outros fatores relevantes são a utilização de calças, sapatos ou botas de borracha.

Para o armazenamento de reagentes mantenha sempre a FISPQ- Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos a disposição de todos, nela deve constar: identificação do produto, propriedades físico-químicas, manuseio e estocagem, EPI’s a serem utilizadas, medidas de combate a incêndios e derramamento, primeiro socorros e outras informações importantes a respeito da substância ou reagentes.

É importante o conhecimento inicial do conjunto laboratorial e das características dos reagentes antes de iniciar qualquer análise ou experimento.


Bruna Miranda

Título: Laboratório de Química

Autor: Bruna Miranda (todos os textos)

Visitas: 4

686 

Comentários - Laboratório de Química

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios