Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Educação sexual - abordagem aos jovens

Educação sexual - abordagem aos jovens

Categoria: Outros
Visitas: 5
Educação sexual - abordagem aos jovens

Os jovens precisam de informações objetivas e sem tabus sobre s... e sexualidade para abordarem as suas relações sexuais com segurança e responsabilidade. A educação sexual deve cobrir uma ampla gama de tópicos, incluindo a biologia da reprodução, os relacionamentos, a sexualidade, a contracepção e as doenças sexualmente transmissíveis. Os modelos mais influentes para os jovens são os pais e encarregados de educação. No entanto, não serão estes os primeiros a ser abordados sobre o tema...

Os estudos já realizados mostram os jovens querem falar com os pais e encarregados de educação sobre saúde sexual. Muitos pais, entretanto, não sabem por onde começar ou podem sentir algum desconforto com essas conversas, mas evitar o assunto não vai parar a curiosidade nem impedir os filhos de fazerem s... .

O grau de abertura dos jovens é muito maior quando este assunto surge e eles procuram nos pais informações diretas e respostas às suas perguntas, reduzindo o risco de relacionamentos doentios, s...indesejado, gravidez não planeada e doenças sexualmente transmissíveis.




Mais do que nunca, os mídia constantemente expõem os jovens a imagens e histórias sobre s.... Eles também podem conversar com os amigos ou procurar on-line as respostas para as suas perguntas e dúvidas, mas a informação que irão adquirir nem sempre será precisa ou positiva.

A maioria dos jovens procura, mais tarde ou mais cedo, informações sobre saúde sexual. Procuram a mãe ou o pai,um amigo ou amiga, aproveitam a informação divulgada nas escolas através do programa de saúde ou conversam diretamente com o seu médico.

Os estudos também comprovam que falar aos jovens sobre o s...não os incentiva à experiência sexual. Eles também mostram que os jovens que recebem educação sexual abrangente têm um menor risco de gravidez não planeada e são mais propensos a atrasar a sua primeira experiência sexual.

Tente usar momentos do quotidiano para começar a falar sobre s.... Os programas de TV, reportagens e tópicos de rádio podem ser excelentes pontos de partida. Tente perguntar ao seu filho, "O que você acha sobre isso? 'Ou' Concordas com o que eles disseram?"

O papel do género (masculino e feminino) é uma parte fundamental das relações sexuais. Os jovens aprendem sobre relacionamentos adultos observando como os pais e encarregados de educação interagem, o que pode depois influenciar as suas próprias relações sexuais.

Os jovens precisam aprender que num relacionamento, a contracepção é da responsabilidade de ambos os parceiros. Aos jovens e especialmente às mulheres deve ser dada informação rigorosa sobre a contracepção, as doenças e a gravidez não planeada para ajudá-los a tomar decisões informadas.

A maioria dos jovens experimentam em algum momento a sua iniciação sexual e proibi-los de ter relações sexuais em casa não vai impedi-los de ter experiências sexuais. Você terá de decidir sobre as regras básicas sobre o comportamento sexual em sua casa, que podem incluir ou não se o seu filho está autorizado a ter o seu parceiro em seu quarto ou a passar a noite. O melhor momento para decidir sobre essas regras é quando estiver a abordar o assunto abertamente.

É importante conversar com o seu filho sobre a contracepção e sobre como praticar s...seguro. As razões que levam alguns jovens a não usar contracepção incluem a falta de conhecimento, preocupar-se com a descoberta por parte dos pais, pensar que o uso de contracepção significa que eles são promíscuos ou que o planeamento para o s... quebra a espontaneidade e ainda estar sob a influência de álcool e outras drogas.


Ruben Duarte

Título: Educação sexual - abordagem aos jovens

Autor: Ruben Duarte (todos os textos)

Visitas: 5

629 

Comentários - Educação sexual - abordagem aos jovens

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios