Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > D. Afonso Henriques, o Conquistador

D. Afonso Henriques, o Conquistador

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 6
D. Afonso Henriques, o Conquistador

D. Afonso Henriques, filho de D. Henrique de Borgonha e de D. Teresa de Leão, nasceu numa das principais cidades do Condado Portucalense: Coimbra, Viseu ou Guimarães, possivelmente, em 1109. Casou com D. Mafalda de Saboia, filha do conde de Saboia, em 1145. Foi criado com Egas Moniz, quando o seu pai faleceu, tinha ele apenas 3 anos. Também D. Teresa ganhou outro papel, nomeadamente, como Rainha de Portugal. Juntou-se ao seu amante, Fernão Peres de Trava, que tinha como objetivo juntar Portugal e a Galiza. Em 1125, com 16 anos, Afonso Henriques foi armado cavaleiro. Entretanto, no reino vizinho, morreu D. Urraca em 1126, sucedendo-lhe Afonso VII.

D. Afonso Henriques nada satisfeito com as opções governativas da sua mãe, arranjou alguns apoiantes da nobreza insatisfeita, e confrontou-se com ela e com o seu amante na Batalha de São Mamede, em 1128. Possivelmente também teve o apoio de populares. A ligação de D. Teresa ao conde Trava ditou o afastamento de muitos nobres, o que ia favorecendo cada vez mais o seu filho. Com a vitória do filho, D. Teresa refugiou-se na Galiza, onde faleceu em 1130. Em 1131, fundou o Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra, dos cónegos Regrantes de Santo Agostinho. Em 1139, ocorreu a Batalha de Ourique, no Alentejo., contra os mouros, onde o filho de D. Henrique consegue mais uma vitória. Diz o mito, que Cristo apareceu um dia antes da batalha e deu-lhe as quinas, um símbolo ainda hoje presente na bandeira portuguesa. Em 1143, em Zamora, D. Afonso Henriques foi reconhecido como rei, pelo cardeal Guido Vico. Em 1179, a bula papal Manifestis probatum emitida por Alexandre III concede o título de rei a D. Afonso Henriques.

Em 1147, começou mais uma série de conquistas, nomeadamente, Santarém, Lisboa, Alcácer do Sal, Évora, Beja, Serpa, entre outras. Antes de falecer, D. Afonso Henriques caiu no erro de tentar ficar com Badajoz. D, Fernando II não gostou, e enfrentaram-se numa batalha, onde o monarca português partiu uma perna e ficou prisioneiro.

Faleceu a 6 de dezembro de 1185. Encontra-se sepultado no Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra.

Daniela Vicente

Título: D. Afonso Henriques, o Conquistador

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 6

652 

Comentários - D. Afonso Henriques, o Conquistador

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios