Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Como saber se ele a anda a trair

Como saber se ele a anda a trair

Categoria: Outros
Comentários: 1
Como saber se ele a anda a trair

Toda a mulher sonha com um casamento de sonho mas a verdade é que com o passar dos anos uma relação vai sofrendo alguns desgastes. A pressão do trabalho, a lida da casa e os filhos muitas das vezes fazem com que a chama que existia no inicio de um namoro se vá apagando.

A falta de tempo para o casal, a falta de comunicação e a distância que vai surgindo muitas vezes faz uma mulher ponderar se existe outra ou se as suas desconfianças são apenas fruto da imaginação.

Antes de iniciar uma discussão ou empacotar a roupa dele e deixá-la á entrada da porta é primordial confirmar as suas suspeitas. O primeiro passo é identificar alterações no comportamento dele, tal como:

- Desliga o telemóvel ou fica um pouco nervosos quando recebe telefonemas a horas impróprias;

- Não deixa ninguém mexer no computador e já não lhe dá as passwords que antigamente lhe costumava dar;

- Está sempre demasiado ocupado para si e quando chega a casa está sempre bastante cansado;

- Fica a trabalhar até tarde e dá sempre a mesma desculpa “reuniões”;

- Deixou de ter tanto interesse sexual em si sem nenhum motivo aparente;

- Fica com ciúmes de outros homens e anda mais desconfiado em relação a si. (Pois se ele tem um caso e não é descoberto ele poderá pensar o mesmo em relação a si);

- De um momento para o outro começou a preocupar-se excessivamente com o seu aspecto, produz-se mais e pensa em inscrever-se num ginásio;

- Refere as palavras “sufocado” e “preso”.

Ainda acha que está a ser traída? O melhor é procurar provas daquilo que pensa. Faça você mesma uma pequena investigação. Pois ele pode estar a trabalhar demais e você pode estar simplesmente imaginando coisas. Fique atenta à expressão corporal dele, veja se ele encolhe os ombros, enruga a testa ou não a olha nos olhos. Observe o cansaço dele e veja quanto tempo dura.

Procure analisar o extracto bancário da conta dele afim de encontrar alguns gastos fora do normal, como gastos em restaurantes, flores, roupa, lingerie, jóias, hotéis. Pode também procurar provas na roupas ou no carro dele, tal como, cabelos, recibos de restaurantes, talões de multibanco, etc. Esteja também atenta ao cheiro que ele tem quando chega a casa, se é igual ao perfume que ele usa ou se é diferente.


Rua Direita

Título: Como saber se ele a anda a trair

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • JeanJean

    22-12-2010 às 05:53:03

    nd aver isto, ambos quando escolhem a traição dificilmente aparentam, e como diz sempre o traido é sempre o ultimo a saber

    ¬ Responder

Comentários - Como saber se ele a anda a trair

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios