Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > 2 mitos surpreendentes sobre a vida sexual da mulher

2 mitos surpreendentes sobre a vida sexual da mulher

Categoria: Outros
Visitas: 2
Comentários: 1
2 mitos surpreendentes sobre a vida sexual da mulher

Muitos estudos têm revelado fatos surpreendentes sobre a vida sexual da mulher, seus desejos. É muito mais do que podemos imaginar, e esses mistérios estão sendo revelados através da ciência. Por isso, saiba sobre estes 2 mitos a respeito da vida sexual da mulher. Você vai se surpreender!

Mito 1: As mulheres iniciam o sexo com menos frequência do que os homens

O estereótipo de que os homens são geralmente os iniciadores sexuais não podem ser totalmente precisos. O que Bergner tem encontrado quando visitou primatólogos foi que macacas são muito mais sexualmente agressivas do que os machos, e encontrou os mesmos resultados em estudos com roedores. Esse fato e mais as entrevistas que teve com mulheres sugeriram que este estereótipo pode ser apenas o resultado de nossa cultura combinada para a investigação. "Ele pode ter muito a ver com o fato de que estamos acostumados (senso comum) com a aceitação de iniciação sexual masculina", diz Bergner.

Na verdade, uma experiência em seu livro explica o que acontece quando as normas de gêneros são invertidas. Quando as mulheres foram expostas a um evento como o “speed-dating”(encontro para conhecer sua cara-metade), e tomaram iniciativa de se aproximar dos homens enquanto eles permaneciam sentados, o seu desejo de autorelato para com os homens, aumentaram. "De repente, as mulheres verificaram como muitas coisas relacionadas aos homens são indicadas sobre as estruturas sociais que temos, e o ato físico de dar um passo em direção a algo, muda a forma como vivenciamos o desejo", diz Bergner.

Mito 2: Os hormônios sozinhos abastecem o desejo feminino

Você sabe que seus hormônios afetam a libido, mas há muito mais desejos controladores do que apenas a testosterona e o estrogênio, ou seja, é algo muito mais abrangente do que apenas o âmbito fisiológico. "A química do cérebro realmente precisa trabalhar em equilíbrio, a fim de que sinta um forte desejo", diz Bergner. Junto com a dopamina e a serotonina (neurotransmissores no cérebro que envolve seu sistema de recompensa e de humor, respectivamente) há também a noradrenalina (um hormônio semelhante à adrenalina que está envolvida na excitação), diz Bergner.

"Os cientistas sabem que não é assim tão simples, mas nós amamos a explicação simples, e que nos deixa em apuros", diz Bergner. Então, a mente(o cérebro) também atua poderosamente para que a mulher sinta um desejo maior pelo sexo.


Briana Alves

Título: 2 mitos surpreendentes sobre a vida sexual da mulher

Autor: Briana Alves (todos os textos)

Visitas: 2

611 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

Comentários - 2 mitos surpreendentes sobre a vida sexual da mulher

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios