Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Motas > A Evolução Da Mota

A Evolução Da Mota

Categoria: Motas
Visitas: 116
A Evolução Da Mota

A moto foi inventada por um alemão em 1885, só que ainda estava longe de se tornar o que entendemos ser uma moto hoje. Era uma bicicleta onde instalou um motor a gasolina para testar o quanto o motor era prático. Este motor de combustão interna foi o que impulsionou a construção de motocicletas em escala industrial, só que mesmo assim não estava aperfeiçoado, porque os fabricantes não sabiam onde instalar o propulsor, se no selim, dentro ou sob o quadro da bicicleta ou no cubo da roda dianteira ou traseira.

Inicialmente não houve consenso, como tal, todas estas alternativas acabaram por ser adoptadas e ainda hoje existem alguns destes modelos. Mas no início do século XX, os fabricantes decidiram que o melhor local para colocar o motor da mota seria na parte interna do triângulo formado pelo quadro. Esta é a norma que perdura.

Em 1894 surgiu na Alemanha a primeira fábrica de motocicletas e pouco tempo depois já existiam cerca de 43 fábricas espalhadas pela Europa. A concorrência rapidamente aumentou, o que levou fabricantes do mundo inteiro a introduzir inovações e aperfeiçoamentos, lutando para ser a mais original. As suspensões iam sendo aperfeiçoadas para oferecer ao comprador um maior conforto e segurança.

Em 1914, a fábrica alemã NSU, já tinha chegado à suspensão traseira do tipo monochoque, que ainda é usada nos nossos dias. Durante este ano e ao longo da década, a moto mais confortável era a Indian de 998cm3 que tinha braços oscilantes na suspensão traseira e uma partida eléctrica, uma inovação que só foi adoptada mais tarde por outras empresas.

Em 1923, surgiu a famosa motocicleta inglesa da marca Douglas, que usava freios a disco em provas de velocidade. Mas foi nos motores que se observou uma maior evolução, tendo a tecnologia alcançado níveis extremamente profissionais.

Mas foi após a Segunda Guerra Mundial, que se deu a maior evolução, tendo esta ocorrido no Japão. Assim, progressivamente, as máquinas japonesas invadiram o mercado mundial, com as suas motos de alta tecnologia, design moderno, motor potente e leve, confortáveis e baratas. Com isto, o Japão levou ao encerramento de fábricas pelo mundo inteiro. Nos Estados Unidos apenas a tradicional Harley Davidson sobreviveu. Actualmente, o mercado já atingiu um novo ponto de equilíbrio e com espaço para todos.


Rua Direita

Título: A Evolução Da Mota

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 116

796 

Imagem por: boolve

Comentários - A Evolução Da Mota

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Imagem por: boolve

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios