Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Materiais Construção > Tipos de buchas e as suas aplicações

Tipos de buchas e as suas aplicações

Visitas: 114
Comentários: 5
Tipos de buchas e as suas aplicações

As buchas surgiram como acessórios auxiliares para fixação e sustentação de materiais sobre uma superfície maciça ou oca. Com sua expansão, hoje é amplamente utilizada na construção civil em combinação com parafusos de vários feitios, substituindo ou aperfeiçoando a eficiência de algumas funções antes desempenhadas com o uso do prego e martelo.

Estes acessórios estão bastante diversificados, tanto em sua composição que tem o plástico ou nylon como matéria prima, como em seus formatos que lhe concedem aplicações distintas.

A polyamida (nylon) propicia a alta qualidade das buchas, tornando-as duráveis e resistentes. As que são desenvolvidas em plástico, comumente reciclado, têm um grau bastante inferior nos quesitos resistência e durabilidade, características imprescindíveis para prover segurança no seu uso. Além da composição, conhecer os tipos de bucha e suas funcionalidades ajuda bastante no momento de optar. Eis alguns.

Universais – São buchas de nylon para serem aplicadas em superfícies ocas, construídas com tijolos, blocos e forros.

Bucha S – Use-a com alvenaria, pré-moldados, tijolo maciço e concreto, inclusive o celular. Observe se na base vem um número impresso. Este número informa a broca adequada para a perfuração e indica também que se trata de um produto confiável.

Metálica Expansiva – Este tipo vem previamente montado e acompanha um parafuso de rosca. Faça uso se estiver trabalhando com divisórias, blocos de gesso com ou sem fibras e acartonados, aglomerados de fibras ou madeira, e lã vegetal.

Longas de nylon – Indicadas para fixar batentes, tanto em superfícies sólidas, como em superfícies ocas. Pode vir acompanhada com pitão ou com gancho. A escolha dependerá do objeto que você deseja fixar.

Com mola e aberta – Modelo específico para fixar materiais que devem ficar suspensos. Sua aplicação é indicada, especialmente, para trabalho em lajes ou forros.

Cone de expansão metálico – Serve para materiais ocos ou maciços. É utilizada com a combinação de parafusos, que podem ser de cabeça panela ou chata.

Bucha Fu – Para qualquer tipo de tijolo – oco, maciço ou perfurado. Também para blocos de gesso e concreto, inclusive celular, ou qualquer outro material, conquanto tenha espessura de, no mínimo, 6 milímetros.

Embora tenha aplicação bem diversificada, sua capacidade de fixação está restrita para sustentar objetos leves, como pequenos armários de parede, lâmpadas, espelhos, trilhos, prateleiras, interruptores e acessórios de banheiro: saboneteiras, armários, cantoneiras e toalheiros.

Planeje seu trabalho, escolha a bucha e o parafuso adequados e ponha mãos à obra.


Hediene

Título: Tipos de buchas e as suas aplicações

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 114

809 

Imagem por: anne miek bibber

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • SophiaSophia

    12-05-2014 às 04:40:04

    Quão grande utilidade são as buchas para a execução de diferentes tarefas domésticas e na construção. Excelente texto!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • wellingtonwellington

    24-12-2011 às 01:54:22

    Boa noite,tenho nylon 6 para injeção cor preto e diversas cores de pigmento de nylon ha interesse.

    ¬ Responder
  • sidnei barbosasidnei barbosa

    29-12-2010 às 15:27:17

    @Domi
    Boa tarde !!!
    Sou formado pela Souza Marques

    ¬ Responder
  • DomiDomi

    16-12-2010 às 18:26:43

    @sidnei barbosa
    Boa tarde.
    Estou a procura de um amigo que não vejo a anos.
    E ele é engenheiro mecânico.
    Formado pela faculdade Souza Marques no RJ.
    Por acaso esta é vc???
    Grato. Domi

    ¬ Responder
  • sidnei barbosasidnei barbosa

    25-06-2010 às 18:52:02

    Boa tarde Hediene,

    Sou engenheiro mecânico e trabalho com transformação de polimeros (injetoras e sopradoras). Tenho interesse de receber mais mateirail didatico sobre as buchas de fixação, vc pode me e ajudar ?

    Grato
    Sidnei Barbosa

    ¬ Responder

Comentários - Tipos de buchas e as suas aplicações

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: anne miek bibber

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios