Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Materiais Construção > A fantástica versatilidade do gesso

A fantástica versatilidade do gesso

Visitas: 10
Comentários: 2
A fantástica versatilidade do gesso

Dos materiais manipuláveis para construção, o gesso está entre os mais remotos, ao lado do barro e da cal. O gipso, sua matéria-prima, é transformado em pó, após passar pelo forno moderadamente aquecido.

Por ser o gipso mineral largamente encontrado na natureza, acredita-se que o gesso foi descoberto ao acaso, durante trabalhos na construção de um forno, utilizando solo onde minava a gipsita. Da reação do calor com a água, surgiu este material maleável, de numerosas possibilidades. O acaso converteu-se em técnica, ainda empregada na fabricação do gesso, no lado Oriente do mundo.

Estudos arqueológicos comprovam o emprego do gesso há cerca de oito milênios antes da Era Cristã. Escavações da Turquia e Síria revelaram sua presença decoração de paredes, nas bases e em vários recipientes. Em Jericó há seus vestígios em modelagens. A pirâmide de Quéops tem o gesso como rejunte perfeito dos blocos, e compõe 16 toneladas do monumento.

Documentos de Teófrasto, filósofo interessadíssimo pelo gesso, registram-no como parte da decoração, nos baixo-relevos, em afrescos, na confecção de estátuas, e ainda como reboco nas construções dos antigos países da Síria, Fenícia e Chipre. O autor também sublinha a facilidade de sua recuperação e reutilização.

A arquitetura moderna o transformou em aliado para seu desenvolvimento. Graças à sua plasticidade, o gesso permite vôos de imaginação. Com ele são feitos nichos, arcos, arandelas, rodatetos, e bancadas, entre tantas aplicações, com diferenciados perfis. Presta-se também a disfarces de pequenas imperfeições na construção e, embora de fácil e rápida aplicação, um profissional é indispensável.

O gesso é excelente isolante térmico e propicia boa acústica ao ambiente. Também garante o equilíbrio da umidade em locais refrigerados com condicionadores de ar. Sua capacidade de absorver água, torna-se também sua limitação, pois o contato freqüente com a água diminui sua resistência.

Para usos distintos, o gesso apresenta-se em placas, blocos, ou pó. As placas são mais utilizadas em forros e os acartonados em divisórias. O cerâmico é apropriado em revestimentos e construção de rodatetos, florões e arandelas. O gesso rápido, para molduras e modelagem, e o lento é substituto à massa fina, recobrindo paredes. Atualmente, encontram-se peças acabadas, como colunas, molduras e sancas. Sobre ele são permitidos acabamentos com pintura, cerâmica, madeira, tecido e papéis de parede.

Numa espantosa combinação de beleza, versatilidade e baixo custo, o gesso é um material que revestirá sua casa de conforto, suavidade e exuberância.


Hediene

Título: A fantástica versatilidade do gesso

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 10

782 

Imagem por: tropicalart77

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    12-05-2014 às 12:52:03

    Realmente, o gesso tem bastante versatilidade e conta com um dos materiais mais antigos, porém nunca se perdeu seu valor e até hoje é usado por milhares de pessoas.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • geilson ribeiro souzageilson ribeiro souza

    19-03-2012 às 14:21:03

    esse jesso e para entrga lo na casa de geison vila galvao vizinho ao mercado do galego da palmeira

    ¬ Responder

Comentários - A fantástica versatilidade do gesso

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: tropicalart77

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios